PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Ataque em Araçatuba: Homem ferido por explosivo tem pés amputados

Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram explosivos espalhados em pontos da cidade e moradores sendo usados como escudo pelos criminosos - Reprodução/Redes sociais
Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram explosivos espalhados em pontos da cidade e moradores sendo usados como escudo pelos criminosos Imagem: Reprodução/Redes sociais

Do UOL, em São Paulo

30/08/2021 09h16Atualizada em 30/08/2021 13h54

Um dos cinco feridos no ataque a agências bancárias em Araçatuba, no interior de São Paulo, se machucou ao mexer em um dos pacotes de explosivos deixados pelos criminosos na cidade. A informação foi dada pelo capitão da Polícia Militar, Alexandre Guedes, em entrevista à Globonews.

"Sabemos que um homem por algum motivo mexeu nesse objeto, nessa bomba ou talvez pelo sensor ela acabou detonando. Esse homem teve membros amputados e foi socorrido ao hospital da cidade", disse o tenente.

O homem de 26 anos foi levado para a Santa Casa de Araçatuba e sofreu "amputações traumática os dois pés", segundo boletim médico divulgado pelo hospital.

Ele passou por cirurgia no início da manhã e segue na Unidade de Recuperação pós-cirúrgica. O quadro clínico é considerado grave.

Ainda segundo o capitão da PM, ainda há 14 pontos que foram deixados pelos criminosos com explosivos. "A gente pede para os moradores que, se possível fiquem em casa, não saiam e caso observem algum objeto estranho, acionem a polícia militar", completou ele.

Mapa Araçatuba - São Paulo  - Arte UOL - Arte UOL
Imagem: Arte UOL
Agências atacadas em Araçatuba - Arte UOL - Arte UOL
Imagem: Arte UOL

As outras quatros vítimas socorridas chegaram ao hospital feridas por tiros. São todos homens. Um, de 28 anos, foi baleado no abdome e está em estado estável. Outro, de 31 anos, foi baleado no rosto e nos braços e precisou ser intubado. Uma outra vítima, de 31 anos, foi ferida nas pernas, braços e na cabeça de raspão e precisou passar por cirurgia.

Além deles, um homem de 45 anos, baleado na região glútea, foi medicado e recebeu alta.

Ao todo, três pessoas morreram no ataque realizado durante a madrugada. Os bandidos roubaram três agências bancárias e saíram atirando e fazendo moradores de reféns no caminho. Segundo Polícia Militar, estima-se que entre 20 a 30 pessoas participaram da ação. Duas foram detidas.

Cotidiano