PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
3 meses

Araçatuba: Câmera mostra abordagem a vítima usada como escudo humano

Marcelo Casagrande

Colaboração para o UOL, em Araçatuba

01/09/2021 16h17Atualizada em 01/09/2021 16h31

Imagens de uma câmera de segurança instalada em um comércio na área central de Araçatuba (SP) mostram o momento em que o professor de educação física Márcio Victor Possa da Silva, de 34 anos, é abordado pelos criminosos que realizaram uma série de assaltos a banco na cidade, na madrugada de segunda-feira (30). Ele foi morto após ser usado como escudo humano.

Na gravação, há o registro do carro de Márcio Victor parado em uma esquina, próximo à praça Rui Barbosa, onde estão as agências atacadas pela quadrilha. A vítima é rendida por um dos criminosos e desce do veículo com os braços para cima.

Na sequência, às 00h02, o educador físico levanta a camiseta para mostrar que não está armado. Outro criminoso se aproxima e leva a vítima em direção à praça, no entanto, a câmera já não capta mais a ação.

As duas pessoas que estavam com Márcio Victor no veículo não foram feitas reféns. Um homem armado chega a se aproximar, mas depois deixa o local apontando uma arma para cima.

Reconhecido em imagens

A família disse ter reconhecido Márcio Victor sobre o capô de um dos carros usados pelos bandidos, por meio de imagens compartilhadas nas redes sociais.

"O carro aparenta estar em alta velocidade e como ele estava no capô pode não ter conseguido se segurar e caído no asfalto", disse o pai da vítima, Genival da Silva, que tem como segunda hipótese uma tentativa do filho de fugir dos bandidos.

O intervalo entre a abordagem feita pelos bandidos e a notícia da morte do filho foi de cerca de cinco horas. A polícia ainda não sabe precisar em qual momento, neste intervalo de tempo, a vítima foi morta. Segundo o pai do educador, Márcio Victor foi alvejado com dez tiros.

O endereço em que o corpo foi encontrado pela polícia fica a cerca de 700 metros do ponto em que Márcio Victor foi rendido.

Cotidiano