PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias

Menino autista é encontrado com sinais de tortura em SP; casal é suspeito

Menino de 8 anos desapareceu no domingo em Sorocaba (SP) e foi encontrado com sinais de espancamento; polícia tem dois suspeitos de envolvimento na agressão - Reprodução/Tem Notícias
Menino de 8 anos desapareceu no domingo em Sorocaba (SP) e foi encontrado com sinais de espancamento; polícia tem dois suspeitos de envolvimento na agressão Imagem: Reprodução/Tem Notícias

Do UOL, em São Paulo

16/11/2021 11h04Atualizada em 16/11/2021 12h44

Um menino de 8 anos que desapareceu na noite de domingo (14) foi encontrado na madrugada de ontem desorientado e com marcas de agressão em Sorocaba, no interior de São Paulo. Ele tinha ferimentos na boca e na cabeça e teve um pedaço da orelha arrancado. Para a família, o garoto, que é autista, foi torturado.

O caso foi registrado ontem como lesão corporal de natureza grave e encaminhado ao 4º Distrito Policial do município, que investiga o caso. De acordo com nota da SSP (Secretaria de Segurança Pública) enviada ao UOL, um homem de 57 anos e uma mulher, de 59 anos, são suspeitos de envolvimento na agressão. Eles não foram identificados.

"[Ele] Foi amarrado na boca, amarrado nos braços. Foi torturado. Se quisessem matar ele, matavam, porque ele é uma criança e fizeram para torturar mesmo", disse a irmã Érica dos Santos Leme ao jornal "Tem Notícias", da TV Globo.

Ainda segundo o jornal, o garoto relatou que parou para arrumar uma câmera de segurança que estava torta quando foi abordado por um homem e uma mulher que o agrediram. De acordo com Érica, o menino contou que os dois eram "muito bravos".

O menino foi encontrado por um morador de rua. Ele foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e foi levado ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba.

O UOL entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde para saber se há previsão de alta para o garoto, mas ainda não teve resposta.

Cotidiano