PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Cão que esperava cuidador morto em hospital viraliza e reencontra 1ª tutora

Cachorro perambulou por dois meses na rua e acabou encontrando um novo cuidador, que veio à óbito  - Reprodução/Facebook Canil Municipal Guarujá
Cachorro perambulou por dois meses na rua e acabou encontrando um novo cuidador, que veio à óbito Imagem: Reprodução/Facebook Canil Municipal Guarujá

Heloísa Barrense

Do UOL, em São Paulo

25/11/2021 14h30Atualizada em 25/11/2021 14h30

A história de Max, um cachorro do Guarujá, litoral de São Paulo, é cheia de reviravoltas. O animal foi resgatado pelo Canil Municipal de Guarujá após relatos de que ele estaria na frente de um hospital da cidade aguardando o seu tutor, que foi internado e acabou morrendo. Apelidado inicialmente de Hashiko, Max foi colocado para adoção. A surpresa é que o caso viralizou e sua primeira tutora, de quem ele se perdeu, o encontrou.

De acordo com o diretor da instituição, Júlio Cesar da Silva, Max não saia da frente do PAM (Pronto Atendimento Médico) Rodoviária na esperança que o seu cuidador retornasse.

A equipe do canil foi acionada para fazer o resgate e ele recebeu os primeiros cuidados na instituição. O caso repercutiu nas redes sociais e chegou até a tutora, que afirmou que o cão desapareceu há dois meses.

"Ele sumiu há dois meses. Nesse período ele ficou perambulando e provavelmente alguma pessoa em situação de rua acabou cuidando dele. Essa pessoa passou mal e foi internada na PAM Rodoviária. O Hashiko, que é Max, achou que a pessoa sairia de lá e ficou esperando", explicou o diretor ao UOL.

"Como a história viralizou, a publicação chegou na verdadeira dona, que reconheceu o cão e veio fazer a retirada", contou ele.

O desfecho aconteceu hoje pela manhã. Nas redes socias, o canil registrou o momento e afirmou que "o Max ficou todo feliz ao ver sua mamãe".

Cotidiano