PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Recife, Rio, Salvador, BH e São Paulo debatem realização do Carnaval 2022

Carnaval do Recife tem seu ponto máximo no Marco Zero - Andrea Rego Barros/ Governo de PE
Carnaval do Recife tem seu ponto máximo no Marco Zero Imagem: Andrea Rego Barros/ Governo de PE

Carlos Madeiro

Colaboração para o UOL, em Maceió

29/11/2021 16h42

Representantes de cinco capitais brasileiras se reúnem hoje, de forma virtual, para discutir a viabilidade sanitária de realizar as festas de rua do Carnaval 2022. São elas: Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Belo Horizonte. O encontro foi proposto pelo prefeito da capital pernambucana, João Campos (PSB).

Em nota, a Prefeitura do Recife disse que, nesse primeiro encontro, secretários e secretárias "vão apresentar o panorama geral sobre o avanço dos seus planos municipais de vacinação contra a covid-19."

Segundo a administração municipal, durante a reunião com os representantes serão pontuadas alternativas oferecidas aos setores de cultura, do lazer, do turismo e do entretenimento, alguns dos mais atingidos pela pandemia, com a paralisação de atividades

"[No encontro hoje] será possível conhecer algumas iniciativas para garantir que a população se vacine e alguns indicadores que auxiliam nas tomadas de decisões locais na flexibilização das medidas de convivência. O objetivo central dessas discussões, que são consultivas, é a troca de informações que ajudem na construção de consensos sobre a possível realização do Carnaval", diz.

Ainda de acordo com a prefeitura da capital pernambucana, outros dois encontros devem acontecer ainda "para aprofundar e avançar na temática."

"A reunião não tem caráter deliberativo. Esse primeiro momento é importante para conhecer os dados gerados a partir da contenção da covid nessas cidades, que são polos importantíssimos do Carnaval. Trocaremos ideias e informações considerando a prudência como o principal indutor das decisões que serão tomadas mais adiante, independente de quais sejam elas", afirma o secretário de Planejamento, Gestão e Transformação Digital do Recife, Felipe Matos.

Questionada pelo UOL, a Prefeitura do Recife informou que Olinda (no Grande Recife) não foi convidada para o encontro porque o debate se restringe apenas às capitais-pólo da folia. Olinda, que fica vizinha ao Recife, também realiza um grande Carnaval de rua —que deixou de ser realizado pela primeira vez em 2021.

Também hoje, a Prefeitura de Salvador anunciou que não vai realizar a tradicional festa de Réveillon. O Ceará informou no fim de semana que não vai permitir festa na virada do ano na Praia de Iracema, em Fortaleza. Outras capitais da região também têm a festa sob dúvida após o aumento de casos na Europa e da variante ômicron.

Cotidiano