PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
4 meses

Prêmio da Mega da Virada deve ser recorde; o que comprar com os R$ 350 mi?

Mega Sena da Virada promete maior prêmio da história em 2021 - GUILHERME DIONíZIO/ESTADÃO CONTEÚDO
Mega Sena da Virada promete maior prêmio da história em 2021 Imagem: GUILHERME DIONíZIO/ESTADÃO CONTEÚDO

Matheus Adami e Gabriel Toueg

Colaboração ao UOL, de São Paulo

30/12/2021 04h00

A Mega da Virada de 2021 promete ser a maior da história. As apostas começaram em 16 de novembro e vão até 31 de dezembro. O prêmio é estimado em R$ 350 milhões —R$ 25 milhões a mais do que no sorteio do ano passado, o maior de todos até agora.

Embora a chance de acertar sozinho as seis dezenas necessárias para o prêmio seja bem remota, o UOL mostra o que o vencedor ou vencedora poderá fazer com o dinheiro, caso leve para casa toda a quantia sorteada.

25 mil iPhones

iPhone 13 Pro Max - Bruna Souza Cruz/Tilt - Bruna Souza Cruz/Tilt
Imagem: Bruna Souza Cruz/Tilt

O modelo mais caro do iPhone disponível atualmente pela Apple no Brasil é o iPhone 13 Pro Max com 1 terabyte de capacidade de armazenamento. No site da empresa, o aparelho é vendido por R$ 15.499. Com pagamento à vista, o valor cai para R$ 13.949,10.

Com o prêmio da Mega Sena, o felizardo poderia comprar 22 mil unidades sem desconto. Caso opte por pagar à vista —o que, convenhamos, não seria nenhum problema -, daria para comprar 25 mil aparelhos.

Mansões para escolher

Com R$ 350 milhões na conta bancária, o vencedor da Mega da Virada teria uma série de mansões disponíveis para comprar. É claro que nem todas da lista estão à venda. Mas é possível ter uma ideia do "poder de fogo" do mais novo milionário ou milionária do Brasil.

O valor pago pelo sorteio seria suficiente para comprar, nada mais, nada menos, do que 58 mansões semelhantes à do atacante Hulk, atualmente no Atlético-MG. O atleta e a esposa Camila vivem em uma casa avaliada em R$ 6 milhões em Belo Horizonte.

Hulk e Camila Ângelo posaram trocando beijos na sala de estar do casal - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Hulk e Camila Ângelo posaram trocando beijos na sala de estar do casal
Imagem: Reprodução/Instagram

Achou pouco? Vinicius Junior, atacante do Real Madrid, construiu uma mansão de R$ 20 milhões no Rio de Janeiro. O prêmio da Mega Sena seria suficiente para bancar a construção de 17 mansões no mesmo valor.

Agora imagine morar na casa que pertenceu ao cantor sertanejo Luan Santana. A mansão do artista está à venda por "módicos" R$ 43 milhões. A Mega da Virada é suficiente para comprar oito mansões com esse valor.

Luan Santana em ensaio feito na mansão que está à venda por R$ 43 milhões - Bruno Fioravanti - Bruno Fioravanti
Luan Santana em ensaio feito na mansão que está à venda por R$ 43 milhões
Imagem: Bruno Fioravanti

Ainda, um dos imóveis mais caros de São Paulo está à venda. É o casarão do ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira. Com valor de R$ 70 milhões e projeto assinado pelo arquiteto Ruy Ohtake e paisagismo de Roberto Burle Marx, a casa tem 6 suítes, 6 dormitórios, 7.888 m² de área útil, 40 vagas e um IPTU mensal de R$ 43 mil. Ainda está disponível no site da imobiliária MBRAS, responsável pela negociação.

Para quem prefere um ambiente praiano, é possível residir na casa com o maior custo do Leblon, o bairro das celebridades no Rio de Janeiro —e o mais caro do Brasil. Com um terreno de 11 mil m², a casa de 2,5 mil m² conta com 9 salas, 18 banheiros (dois deles com mais de 40 m²), uma biblioteca de dois andares e até heliporto. É possível obtê-la por R$ 220 milhões, segundo a imobiliária de luxo Bossa Nova Sotheby's.

Quer algo fora do Brasil? O ator Leonardo DiCaprio recentemente comprou um imóvel avaliado em R$ 55 milhões em Beverly Hills, nos Estados Unidos. Com os R$ 350 milhões do prêmio, seria possível comprar seis mansões iguais às do artista.

Para quem prefere apartamento

Se apartamento é a preferência do novo milionário do Brasil, há opções que podem agradar os bolsos mais cheios. O holandês Max Verstappen, atual campeão da Fórmula 1, vive em um apartamento avaliado em 15 milhões de euros (R$ 95,9 milhões) em Mônaco.

Ou seja: os R$ 350 milhões da Mega da Virada compram três apartamentos iguais aos de Verstappen na Europa.

Seu rival nas pistas, Lewis Hamilton, inglês que ficou com o vice-campeonato da Fórmula 1 nesta temporada, tinha até poucos dias um apartamento em Nova York. De acordo com o jornal "The New York Post", o piloto vendeu o imóvel por US$ 49,5 milhões (cerca de R$ 281 milhões).

Com a Mega da Virada, seria possível comprar o apartamento de Hamilton e ainda ter um "troco" de R$ 70 milhões.

Meios de transporte de puro luxo

Para um milionário, nada mais natural do que pensar em jatinhos e carrões. E tudo isso está disponível ao custo de milhões —muitos milhões.

Verstappen, campeão da Fórmula 1, tem boas opções a oferecer. O piloto da Red Bull é dono de um jato Falcon 900EX, avaliado em R$ 89,5 milhões, e de um Aston Martin Valkyrie —cujo preço chega a R$ 12,79 milhões.

Jato Dassault Falcon 900EX, como o de Verstappen - Reprodução - Reprodução
Jato Dassault Falcon 900EX, como o de Verstappen
Imagem: Reprodução

Utilizando o prêmio da Mega da Virada, é possível comprar 27 modelos do carro; do avião, "apenas" três.

Neymar Jr e seu helicóptero personalizado avaliado em R$ 50 milhões - Instagram - Instagram
Neymar Jr e seu helicóptero personalizado avaliado em R$ 50 milhões
Imagem: Instagram

Prefere helicópteros? Quem é proprietário de um modelo luxuoso é Neymar. O atacante do Paris Saint-Germain tem um modelo personalizado avaliado em R$ 50 milhões. Com os R$ 350 milhões da Mega, o milionário pode comprar exatas sete unidades.

Viih Tube posa com seu Porsche Cayenne - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Viih Tube posa com seu Porsche Cayenne
Imagem: Reprodução/Instagram

Se o objetivo do ganhador da Mega é ter um veículo mais "humilde", uma hipótese é um Porsche Cayenne como o da influencer Viih Tube. O carro é avaliado em R$ 400 mil. Com o montante da loteria federal, seria possível comprar 875 unidades.

Não perca a hora da viagem

Patek Philippe Nautilus 5711 1A-010 custa R$ 177 mil - Divulgação - Divulgação
Patek Philippe Nautilus 5711 1A-010 custa R$ 177 mil
Imagem: Divulgação

Se um relógio pode ser considerado um símbolo de status e, por que não, uma joia moderna nos tempos de smartphones, nada melhor do que um Patek Philippe Nautilus 5711 1A-010. O modelo tem fila de espera de dez anos e não sai por menos de R$ 177 mil. Com o dinheiro da Mega, daria para comprar 1.977 relógios.

Nos aviões A380 da Emirates, que fazem a rota entre São Paulo e Dubai, a primeira classe oferece 14 cabines privativas - Divulgação/Emirates - Divulgação/Emirates
Nos aviões A380 da Emirates, que fazem a rota entre São Paulo e Dubai, a primeira classe oferece 14 cabines privativas
Imagem: Divulgação/Emirates

Com um relógio desses, será impossível perder um voo. Que o diga um voo da Emirates, saindo do aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, rumo a Dubai. Em primeira classe, um voo de ida e volta —com data de ida para 10 de janeiro e retorno em 31 de janeiro— custa R$ 49.754. O prêmio da Mega Sena é suficiente para fazer a viagem pouco mais de 7.000 vezes.

Quarto da Empathy Suite, em Las Vegas, cuja diária custa US$ 100 mil  - Divulgação/Palms Casino Resort - Divulgação/Palms Casino Resort
Quarto da Empathy Suite, em Las Vegas, cuja diária custa US$ 100 mil
Imagem: Divulgação/Palms Casino Resort

Relaxar e viajar

Com as fronteiras de diversos países reabrindo, ainda que com restrições, é possível voltar a sonhar com viagens. A Empathy Suite, localizada no Palms Casino Resort de Las Vegas, nos Estados Unidos, é considerada um dos quartos de hotel mais caros e exclusivos do planeta. Uma estadia de duas noites custa cerca de US$ 200 mil - R$ 1,1 milhão. Caro? Também seria possível comprar 308 estadias duplas.

Suíte presidencial do Tivoli Mofarrej, em São Paulo - Divulgação - Divulgação
Suíte presidencial do Tivoli Mofarrej, em São Paulo
Imagem: Divulgação

Para aqueles que têm curiosidade em atravessar o mundo, o hotel de luxo Ritz-Carlton em Tóquio, no Japão, oferece diárias por 156.072 lenes (equivalente a aproximadamente R$ 7.687 por noite) na suíte Millenia, com uma vista deslumbrante da cidade, hidromassagem e chuveiros individuais para o casal. Para algo mais luxoso, é possível se hospedar na suíte que leva o nome do hotel no 53º andar, com vista em 360º, chuveiros com efeito de chuva, serviço de engraxate e até salas de jantar com despensa em seus 300 m² —o valor é disponível somente para quem fechar o pacote.

No Ritz-Carlton em Tóquio há a opção, ainda, de experimentar o drink mais caro do mundo por R$ 128,5 mil. Inspirado em James Bond, o famoso 007, a bebida "Diamonds Are Forever" Martini (ou "Diamantes São Para Sempre") o coquetel servido no hotel de luxo Ritz-Carlton em Tóquio, no Japão, leva vodca, lima e um diamante de um quilate.

No Brasil, a estadia em hoteis pode ser ainda mais estendida. O Tivoli Mofarrej, localizado em São Paulo, é considerado um dos mais caros do país. A estadia na suíte presidencial custa R$ 35 mil, mais taxas. O prêmio da Mega da Virada conseguiria comprar 10 mil pacotes de estadia no quarto VIP.

Um time para chamar de seu

Recentemente, o ex-jogador Ronaldo Fenômeno comprou o Cruzeiro, time de futebol que o relevou como profissional. A transação custou ao ex-campeão do mundo R$ 400 milhões. Com esse valor, ele comprou 90% das ações do time.

Assim, com R$ 350 milhões, prêmio da Mega da Virada, o ganhador poderia comprar o equivalente a 78,75% das ações de um time na mesma faixa de preço que o Cruzeiro —e se tornar o principal dono dele.

Ronaldo Fenômeno compra ações e vira o dono do Cruzeiro - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Ronaldo Fenômeno compra ações e vira o dono do Cruzeiro
Imagem: Reprodução/Instagram

De olho em negócios lucrativos

Não é preciso muito mais do que alguns milhões de reais para ajudar a transformar uma startup em um unicórnio, nome que se dá no mercado para empresas que valem mais de US$ 1 bilhão.

Para ter uma ideia, empresas brasileiras entraram para este seleto time (hoje são pouco mais de 20 no país) com aportes não muito maiores do que os US$ 61,5 milhões.

A MadeiraMadeira, por exemplo, virou unicórnio em janeiro deste ano, depois que dois grupos investiram US$ 190 milhões no negócio (em média, US$ 95 milhões por investidor). Desta forma, o vencedor da Mega da Virada investir em um empreendimento e depois lucrar com o crescimento dele.

Dinheiro rendendo

Para quem quer ver esse dinheiro todo trabalhando, qualquer opção de investimento pode ser uma boa opção para ter uma bolada no fim do mês, todos os meses.

Ao aplicar o dinheiro todo na poupança, com o rendimento atual de 0,5% mensal, a conta bancária engordará quase R$ 1,8 milhão a cada 30 dias. Já a uma taxa líquida de 100% do CDI, ou cerca de 0,8% ao mês, o rendimento mensal pode superar R$ 2,7 milhões, ou R$ 90 mil por dia.

Cotidiano