PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
4 meses

Chuva forte deixa 138 cidades de Minas Gerais em situação de emergência

Do UOL, em São Paulo

09/01/2022 10h53Atualizada em 10/01/2022 07h54

As fortes chuvas que atingem Minas Gerais já levaram 138 cidades a decretar situação de emergência, segundo balanço divulgado hoje pela Defesa Civil estadual. Desde outubro, início do período chuvoso, foram registradas 16 mortes, considerando as dez provocadas pela queda de uma rocha em Capitólio, a 284 km de Belo Horizonte.

Ao todo, 13.723 pessoas ficaram desalojadas e 3.374, desabrigadas. Nos dois casos, são pessoas que tiveram de deixar suas casas, mas são considerados desabrigados aqueles que precisam de assistência do governo para moradia temporária.

As seis mortes que não aconteceram ontem em Capitólio são das cidades de Uberaba, Coronel Fabriciano, Nova Serrana, Engenheiro Caldas, Pescador e Montes Claros, ainda de acordo com a Defesa Civil.

Só neste domingo (9), pelo menos dez cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte amanheceram com pontos de alagamento após as chuvas intensas da madrugada. Segundo o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, houve 124 chamadas de pessoas ilhadas em:

  • Betim
  • Brumadinho
  • Contagem
  • Juatuba
  • Mário Campos
  • Mateus Leme
  • Nova Lima
  • Raposos
  • Rio Acima
  • Sabará

Em Nova Lima, as águas chegaram a atingir 2,5 metros no bairro de Honório Bicalho. Em vídeos que circulam nas redes sociais (assista abaixo), também há registros de enxurrada em Ouro Preto, cidade conhecida pela arquitetura barroca e que atrai milhares de turistas todos os anos.

Ontem, pela manhã, um dique de contenção de água da Mina Pau Branco transbordou e interditou a rodovia BR-040 nas imediações de Nova Lima por não suportar o grande volume de chuvas. Segundo os bombeiros, as enchentes de hoje não são consequência disso.

Até então, não foi divulgado se há pessoas desabrigadas nestes locais e quantas são. Também não há confirmações de mais óbitos ou pessoas feridas.

Dique transbordou na Grande BH

Um dique transbordou e interditou a rodovia BR-040 nas imediações de Nova Lima na manhã de ontem (8). Segundo o Corpo de Bombeiros, a estrutura de contenção da Barragem da Mina Pau Branco não suportou o grande volume de chuvas.

O incidente ocorreu pouco antes das 11h. A rodovia federal foi inundada e o trânsito, interrompido. Não há previsão de liberação da via.

A Justiça de Minas Gerais decidiu impor à fabricante de tubos Vallourec, responsável pelo dique, uma série de medidas para conter os danos do transbordamento. A estrutura está em nível 3 de emergência, que significa risco de ruptura iminente.

A decisão judicial suspende as atividades da Vallourec no local, bloqueia R$ 1 bilhão da empresa e a obriga a tomar providências "para conter os danos ambientais e sociais" causados pelo vazamento.

Cotidiano