PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
3 meses

Tio Comel, um dos maiores clonadores de carros do país, é preso no RJ

Thiago Fernandes Virtuoso, conhecido como Tio Comel, foi preso na manhã de hoje - Reprodução/Polícia Civil
Thiago Fernandes Virtuoso, conhecido como Tio Comel, foi preso na manhã de hoje Imagem: Reprodução/Polícia Civil

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

28/01/2022 10h56

Thiago Fernandes Virtuoso, 35, conhecido como "Tio Comel", foi preso no Morro do Turano, na zona norte do Rio, suspeito de integrar uma das maiores quadrilhas de clonagem de veículos do país — o carro é considerado adulterado quando tem modificação em placa, chassi ou numeração do motor. De acordo com a Polícia Civil, o grupo em que ele atua seria especializado em roubo de carros de luxo.

O suspeito também é investigado por encomendar o roubo de um veículo importado que resultou na morte do médico Cláudio Marsili, em outubro do ano passado, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da capital. O cirurgião foi abordado após estacionar sua Hilux, avaliada em mais de R$ 120 mil, que acabou sendo roubada.

Tio Comel foi preso numa ação de inteligência da DRFA (Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis) no Turano. Não houve confronto.

O governador do Rio, Cláudio Castro comentou a ação. "A @PCERJ, com a utilização do recém-comprado equipamento Flier e sem disparar tiros, acaba de prender Thiago Fernandes Virtuoso (Comel), no Turano. O maior clonador de carros do RJ é também responsável pela encomenda de veículos importados e pela morte do médico Cláudio Marsili", escreveu.

O Flier consiste em uma câmera termográfica, com alcance de cinco mil metros, acoplada a um helicóptero. À noite ou em lugares com baixa visibilidade, a câmera consegue captar o calor do corpo humano e localizar armamentos em uso. Ele foi comprado ao custo de R$ 5 milhões.

Tio Comel foi preso na véspera do aniversário dele e programava uma grande festa na comunidade. Ele foi localizado dentro de casa, na companhia da família. "Ele estava acompanhado da esposa, duas filhas e do cunhado. A princípio ele não estava na área principal da casa, estava no quarto com a filha menor, não teve reação, ninguém foi ferido", disse o delegado Marcio Braga, titular da DRFA.

Ainda de acordo com a investigação, ele seria um dos maiores clonadores do país e mantinha uma equipe dividida em assaltantes, montadores e vendedores. Alguns veículos eram vendidos em site de compra e venda de automóveis. "Não há outra pessoa na facção com o grau de expertise dele". Além do Rio de Janeiro, os veículos adulterados eram mandados para SP, MG e até para o exterior.

Quem é Tio Comel?

Thiago Fernandes Virtuoso tem extensa ficha criminal e dez mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas, roubo majorado, organização criminosa e adulteração de documentos. O "Tio Comel" era um dos principais alvos da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis.

Antes de se estabilizar na clonagem de veículos, ele integrava um grupo especializado em crimes de "saidinha de banco" e chegou a ser preso cinco vezes, sendo a última vez, em 2014. O grupo do suspeito atua em bairros nobres do Rio, como Jardim Botânico, Gávea, Lagoa, na zona sul, e Barra da Tijuca, na zona oeste.

Cotidiano