PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Alerta vermelho, laranja, amarelo: o que é cada aviso de chuva do Inmet

Entenda o que é alerta vermelho, alerta laranja e alerta amarelo do Inmet - Shutterstock
Entenda o que é alerta vermelho, alerta laranja e alerta amarelo do Inmet Imagem: Shutterstock

Rebecca Vettore

Colaboração para o UOL

04/03/2022 04h00

É muito comum ouvir em diversos períodos do ano, principalmente os mais chuvosos, que o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um alerta. As notificações do órgão servem para alertar a população para evitar uma determinada região da cidade ou, em casos extremos - quando as chuvas só vão aumentar com o passar dos dias -, serve de indicativo para que a pessoa deixe o local onde vive.

Dependendo da intensidade das chuvas o Inmet emite diferentes alertas, que vão variar de cores, indo do amarelo ao vermelho, em ordem crescente, pelo grau de perigo. Geralmente, os avisos meteorológicos são anunciados com 24 ou 48 horas de antecedência. Mas como são classificados os alertas de volume de chuva?

Os avisos sobre chuvas do Inmet são determinados por dois principais instrumentos: o pluviográfico e o pluviômetro.

O segundo, que é o objeto mais utilizado, funciona da seguinte forma: um funil é colocado dentro de outro recipiente cilíndrico com as marcações milimétricas. A partir da precipitação que cai neste funil, é determinada a quantidade estimada de chuva em intervalos regulares. Cada 1 mm de chuva que cai lá dentro corresponde a 1 litro de água que será despejada em 1 metro quadrado de espaço.

Depois de fazer a determinação por meio do pluviômetro, o instituto classifica os alertas por cores de acordo com três graus diferentes de gravidade. Saiba abaixo o que significa cada uma:

Alerta amarelo do Inmet

  • Causas: Esse alerta é definido quando a chuva registrada por hora tem um volume entre 20 mm e 30 mm ou 50 mm no mesmo dia.
  • Ações: Quando o alerta amarelo é anunciado, quer dizer que existe um risco moderado, com potencial de tornar-se perigoso. Nessa situação a população deve se manter informada sobre as condições meteorológicas previstas e não correr risco desnecessário.
  • Riscos: Queda de energia elétrica e de galhos, alagamentos ou descargas elétricas.

Alerta laranja do Inmet

  • Causas: O alerta é determinado quando a precipitação em determinado local vai de 30 a 60 mm por hora ou até 100 mm em único dia.
  • Ações: No alerta laranja, o grau de risco aumenta para alto. Por isso, as pessoas têm que ficar vigilantes e devem seguir os conselhos das autoridades. Caso haja necessidade de tomar uma ação, ela será de emergência, então é importante estar preparado.
  • Riscos: Risco mais alto de corte de energia por causa de ventanias, possibilidade maior de queda de galhos e árvores, alagamento e incidências de raios.

Alerta vermelho do Inmet

  • Causas: A classificação do alerta prevê um volume de precipitação superior a 60 mm por hora ou acima de 100 mm em um período de 24h.
  • Ações: Quando chega ao alerta vermelho, o risco sobe para muito alto, por isso configura uma situação meteorológica de grande perigo. Nesse alerta, a população precisa ouvir as orientações e tomar uma atitude de emergência.
  • Riscos: Grande probabilidade de acidentes, riscos de danos materiais, integridade física e à vida.

Onde ver os alertas do Inmet?

Caso queira se manter informado sobre os alertas do Inmet, acesse o site do instituto. Mas se o seu celular pertencer ao sistema iOS, poderá acompanhar os alertas meteorológicos dentro do aplicativo de tempo de forma gratuita. Para visualizar os alertas de chuvas, mantenha a plataforma atualizada - assim que o Inmet fizer um anúncio sobre chuvas, a mensagem aparecerá na tela inicial do aplicativo.

Cotidiano