Topo

Conteúdo publicado há
11 meses

'Tudo é no tempo de Deus', diz mãe sobre saúde de jovem que cheirou pimenta

Do UOL, em São Paulo

02/04/2023 20h08

Adriana Medeiros, mãe da trancista Thaís Medeiros de Oliveira, 25, internada após cheirar pimenta, disse que a jovem segue hospitalizada e que a evolução médica dela é "no tempo de Deus".

O que aconteceu:

A mãe de Thaís pediu desculpas por não compartilhar frequentemente como a jovem está e explicou que ela não deixa a filha sozinha no hospital em momento algum.

Adriana disse estar muito cansada, mas seguirá na unidade de saúde ao lado da filha. A jovem está internada desde o dia 17 de fevereiro.

Segundo a mãe, Thaís está "estável", sem nenhum quadro de infecção, bem medicada e deve tirar a traqueostomia dentro em alguns dias. Após cirurgia, a jovem deve ser transferida para a sua cidade natal, Goiânia — ela está internada na Santa Casa de Anápolis (GO).

Adriana confessou que não se deu bem com as redes sociais, que ajudaram financeiramente com algumas dívidas geradas pela internação da jovem, em razão de alguns comentários maldosos.

"Me fez um pouco mal de escutar certos comentários. Pessoas falando que eu estava querendo ganhar seguidores. Infelizmente, ajudou muito a gente, mas teve muitos comentários maldosos. Então, eu preferi ficar mais no off."

Ela também agradeceu os comentários positivos e pediu para as pessoas colocarem Thaís em suas orações. "Vamos esperar o tempo."

Em março, o chefe da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) onde a trancista está internada disse que a jovem não deve voltar "às atividades habituais e normais". A fala foi em entrevista ao Fantástico, da TV Globo.

Ela é com o tempo. Tudo é com o tempo, não tem como a gente dar uma previsão para as pessoas. 'Aí, ela vai ficar isso, não vai'. Tudo é no tempo de Deus, não adianta. Ela está sendo bem medicada, com medicações novas e sendo muito bem assistida e cuidada. É um dia de cada vez."
Adriana Medeiros, mãe da jovem

Relembre o caso

Segundo Adriana, a filha teve uma crise de asma antes de visitar o namorado em Anápolis. No local, Thaís cheirou a pimenta durante um almoço onde o tema foi abordado.

Após o cheirar o alimento, Thaís foi levada ao hospital às pressas e internada.

Os médicos acham que o contato da jovem com a pimenta foi um gatilho para ela desencadear uma crise de asma grave, fazendo com que Thaís não conseguisse respirar normalmente. Isso levou à baixa circulação de oxigênio para o cérebro e o coração, o que provocou uma parada cardiorrespiratória na jovem.