Conteúdo publicado há 6 meses

Mulher é mantida refém, torturada e morta em casa no Ceará

Uma mulher morreu após ser mantida refém e ter sido torturada na casa em que morava com o marido no Ceará.

O que aconteceu

Kaianne Bezerra Lima Chaves, de 35 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. Ela e o marido teriam sido feitos reféns em casa, no bairro Planalto do Sol, em Aquiraz, na região metropolitana de Fortaleza, na madrugada de sábado (26).

Vizinhos contaram que o marido da vítima estava na calçada de casa quando foi abordado e rendido por dois homens armados, que entraram na casa, vendaram e amarraram marido e mulher em cômodos diferentes. Essas testemunhas, que não quiseram ter os nomes revelados, conversaram com a TV Verdes Mares.

A mulher foi ferida na cabeça com um "objeto contundente", segundo a polícia. Não foram divulgadas informações sobre itens levados da residência.

Um homem foi preso e um menor apreendido por suspeita de envolvimento no caso nesta terça-feira (29). Um terceiro suspeito é procurado pela Polícia Civil.

O caso é investigado como latrocínio (roubo seguido de morte), conforme a SSPDS (Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social).

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes