Conteúdo publicado há 7 meses

Homem preso por mandar decapitar jovem foge ao pular muro do IML

Um homem de 28 anos, preso sob suspeita de ter mandado decapitar um jovem de 19 anos, fugiu do IML (Instituto Médico Legal), durante o exame de corpo de delito, em Dourados (MS), a 229 km de Campo Grande.

O que aconteceu:

Maikel Pereira dos Santos se livrou das algemas e pulou o muro do local, na quinta-feira (14).

Segundo a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, ele ainda não foi localizado. "Desde então, todas as diligências possíveis estão sendo empreendidas por todas as forças de segurança pública que atuam na cidade de Dourados para a recaptura do foragido", diz nota da corporação.

O preso estava com mais oito detentos, que seriam encaminhados para a Penitenciária Estadual de Dourados.

O homem havia sido preso em flagrante na última terça-feira (12). Ele é integrante de organização criminosa e é considerado de alta periculosidade. Após diligências, equipes do Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e Crime Organizado), com apoio da Defron (Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira), localizaram e prenderam o suspeito.

Ele é apontado como mandante de um homicídio de um jovem de 19 anos decapitado na cidade de Lucas do Rio Verde (MT), e teria fugido para Mato Grosso do Sul, passando a residir em Dourados, onde estaria fazendo uso de documentos falsos.

Além do cumprimento dos seis mandados de prisão expedidos contra ele pela Comarca de Lucas de Rio Verde, foi feito também o flagrante por tráfico de drogas e uso de documento falso.

Segundo a polícia, o homicídio do jovem por decapitação causou grande clamor social, tanto pela crueldade do crime, como pelo fato de a facção ter divulgado vídeos registrando a execução da vítima para causar terror.

Deixe seu comentário

Só para assinantes