Conteúdo publicado há 3 meses

Estruturas de mina da Vale são interditadas em Mariana; ANM pede evacuação

A Agência Nacional de Mineração (ANM) aconselhou a evacuação do povoado de Santa Rita Durão, distrito de Mariana (MG), e a interdição de três pilhas de estéril (uma espécie de acúmulos de rejeitos) da mina de Fábrica Nova, da Vale.

O que aconteceu?

A interdição foi determinada na sexta-feira (10) após a Vale não comprovar a estabilidade das pilhas, segundo documento da ANM divulgado pelo jornal O Tempo.

Segundo o Plano de Ação de Emergências para Barragens da Vale, 295 pessoas fazem parte da população englobada em Santa Rita Durão; 144 delas são moradoras da região.

As outras pessoas estimadas no plano são funcionários da mina, possíveis transeuntes e funcionários de outras edificações da área.

Segundo a Vale, não há risco iminente atrelado às pilhas de estéril da mina de Fábrica Nova, em Mariana (MG), assim como não há a necessidade da remoção de famílias.

Diferentemente do que foi veiculado por alguns veículos de imprensa, a pilha de estéril é uma estrutura de aterro constituída de material compactado, diferente de uma barragem e não sujeita à liquefação. Importante também esclarecer que o dique de pequeno porte localizado à jusante de uma das pilhas tem declaração de condição de estabilidade positiva. A Vale reitera que a segurança é um valor inegociável e que cumpre todas as obrigações legais. A Vale continuará colaborando com as autoridades e fornecendo todas as informações solicitadas.
Vale, em nota

A empresa também disse que acompanha vistoria da ANM e da Defesa Civil nesta segunda-feira para "esclarecimentos necessários sobre as condições de regularidade das estruturas".

Em nota, a Prefeitura de Mariana informou que a Defesa Civil participa da fiscalização das pilhas de estéril. O órgão vai elaborar um documento sobre a integridade das pilhas a partir da reunião e disse que não há definição de evacuação dos moradores da região.

Continua após a publicidade

O Governo de Minas, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), informou que está em andamento por parte da ANM e Defesas Civis vistoria de campo e análise técnica das condições de estabilidade das pilhas de estéril da Mina de Fábrica Nova. "Não há até o presente momento elevação de nível da estrutura que recomende a evacuação de pessoas", diz nota.

Ao UOL, o presidente da Associação de Moradores de Santa Rita Durão, Jean Roberto da Costa Júnior, afirmou que a associação não foi informada sobre a orientação de evacuação.

Uma reunião entre os moradores, representantes da Defesa Civil e da ANM será realizada após a vistoria desta segunda-feira, segundo o presidente da associação.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora