Conteúdo publicado há 4 meses

Quase mil peixes morrem na lagoa da Pampulha em meio a onda de calor

A Prefeitura de Belo Horizonte informou hoje que, desde domingo (12), já recolheu 971 peixes mortos da lagoa da Pampulha, em meio a temperaturas recordes nos últimos dias.

O que aconteceu

Calorão e pouca chuva contribuíram para o cenário, segundo a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura da prefeitura.

Como o nível da água da lagoa está baixo, os poluentes também ficam mais concentrados, explicou o órgão.

Ponto turístico de Belo Horizonte, lagoa é casa para várias espécies, como capivaras e jacarés.

Capital mineira bateu recordes de temperatura por três dias consecutivos nesta semana. Segundo o Inmet, os termômetros da cidade chegaram a 37,9 ºC na terça (14), maior patamar para o mês.

Deixe seu comentário

Só para assinantes