Operação da PF mira grupo miliciano na BA; deputado estadual é investigado

Um grupo miliciano que atua em Feira de Santana (BA) é alvo de operação da Polícia Federal na manhã de hoje.

O que aconteceu

O líder da organização, segundo o Ministério Público da Bahia, é o deputado estadual Binho Galinha (Patriota). Ele tem atuação no município de Feira de Santana é um dos alvos de busca e apreensão.

Os criminosos eram especializados na lavagem de dinheiro vinda do jogo do bicho. Eles também praticavam agiotagem, extorsão, receptação e outras infrações, segundo a PF.

Ao todo, 10 mandados de prisão e 33 de busca e apreensão são cumpridos em Salvador, Feira de Santana e em outros municípios do interior, informou a Polícia Civil. Não há um balanço sobre quantas pessoas foram presas até o momento. Bloqueio de R$ 700 milhões das contas bancárias dos investigados e de 26 propriedades foi realizado.

Binho Galinha foi denunciado pelo MP. O UOL buscou o gabinete dele e tenta contato com a defesa do parlamentar para posicionamento sobre o assunto.

Três policiais militares também são alvos. Eles integram o braço armado do grupo miliciano fazendo cobranças mediante violência e ameaça, informou a PF.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes