Conteúdo publicado há 1 mês

Jovens ficam ilhados e abraçados por 4 horas após cabeça d'água em SC; veja

Três jovens ficaram ilhados e abraçados em pé por cerca de quatro horas no rio Rodeio, em Chapecó (SC), no último domingo (25). Eles foram surpreendidos por uma cabeça d'água, que é o aumento repentino no volume da água provocado pela chuva.

O que aconteceu

Os jovens, dois homens e uma mulher, estavam em uma área de difícil acesso e distantes da margem do rio. Outras duas pessoas, que também estavam no local, foram arrastadas pela força das águas, mas conseguiram sair. As informações são do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina.

Resgate foi iniciado por um bombeiro que estava de férias e foi acionado por moradores da região. Em seguida, uma equipe com mais agentes chegou para auxiliar no socorro. Foram utilizadas cordas para fazer uma espécie de tirolesa para facilitar a chegada dos bombeiros até os banhistas e retirá-los de dentro do rio em segurança. Foram cerca de quatro horas de trabalho para retirar todos os jovens.

Cabo Giovani Pereira destacou que o fato de os jovens terem ficado abraçados foi importante para que não fossem levados pela correnteza. "O peso manteve eles fixos no meio do rio. Se fosse uma pessoa só, possivelmente teria sido arrastada".

Uma das jovens que estava no grupo, identificada como Luara Bittencourt, disse nos stories do Instagram que estão todos bem. "Foi em instantes. A água estava tranquila e logo que a cor da água mudou, veio uma trompa d'água. Quando vi, meus amigos caíram e eu fiquei imóvel sem saber o que fazer".

Deixe seu comentário

Só para assinantes