Conteúdo publicado há 1 mês

Luz será cortada no centro de Porto Alegre; 21 bairros podem ficar sem água

A CEEE Equatorial, empresa de distribuição de energia elétrica, anunciou o desligamento da rede no centro histórico de Porto Alegre por motivo de segurança. Já a companhia de abastecimento de água local informou a suspensão do serviço em 21 bairros.

O que aconteceu

Desligamento de energia irá afetar cerca de 4 mil clientes. A empresa informou que trechos das avenidas Mauá, Borges de Medeiros e Independência, assim como a rua Riachuelo e a Estação Rodoviária deverão ser atingidos com a iniciativa. Ontem, cerca de 7 mil moradores cidades do RS já havia sido afetados com o desligamento por questão de segurança.

Seguimos monitorando o avanço das águas do Rio Guaíba e vamos atuar preventivamente para garantir a segurança de toda a população
Trecho de comunicado publicado pela CEEE Equatorial

Fornecimento de água será suspenso em algumas regiões. O Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgotos) informou a pausa na operação do SAA (Sistema de Abastecimento de Água) Moinhos de Vento, nesta sexta-feira (3), devido à inundação do Guaíba.

Os bairros atingidos são:

  • Auxiliadora
  • Azenha
  • Bela Vista
  • Bom Fim
  • Centro Histórico
  • Cidade Baixa
  • Farroupilha
  • Floresta
  • Independência
  • Jardim Botânico
  • Menino Deus
  • Moinhos de Vento
  • Mont Serrat
  • Partenon
  • Petrópolis
  • Praia de Belas
  • Rio Branco
  • Santa Cecília
  • Santana
  • São João
  • Três Figueiras

A Defesa Civil estadual mandou moradores, comerciantes e trabalhadores saírem do centro histórico. O alerta vale para as regiões próximas às ruas Siqueira Campos, Sete de Setembro, Rua dos Andradas (rua da Praia), avenida Júlio de Castilhos e arredores.

Guaíba em alerta de 'inundação extrema'

Defesa Civil emitiu alerta para "inundação extrema" no Guaíba por 24 horas. Segundo o órgão, a população deve evitar regiões próximas ao rio e locais de risco.

Continua após a publicidade

Portão 14 do sistema contra inundações se rompeu nesta sexta-feira (3). Ele fica localizado no encontro das avenidas Sertório e Voluntários da Pátria. "Houve rompimento do portão 14 do Cais Mauá e pode acarretar inundações na avenida Sertório, zona norte da capital", informou o prefeito, Sebastião Melo (MDB).

Imagens mostram os CTs do Internacional e do Grêmio completamente alagados. A rodoviária e o centro histórico da capital também foram tomados pela água. Nas redes sociais, a EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) orientou que os deslocamentos para a cidade devem ser evitados e a população deve buscar locais seguros.

Capital tem quase 500 desabrigados e 29 pontos totalmente bloqueados pelas enchentes. Ao menos 448 pessoas estão alojadas em três abrigos de Porto Alegre. "Estão montando um quarto abrigo e vendo a viabilidade de outros", disse o prefeito.

Deixe seu comentário

Só para assinantes