Conteúdo publicado há 2 meses

Enchentes já afetaram mais de 2 milhões de pessoas no RS, diz governo

As fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul há cerca de duas semanas já afetaram 2.039.084 gaúchos, segundo dados divulgados pela Defesa Civil do estado.

O que aconteceu

São considerados afetados aqueles que moram em áreas alagadas, os que tiveram algum dano em casa em decorrência das chuvas e os que perderam acesso a serviços essenciais, como água e luz.

O Rio Grande do Sul tem 10,8 milhões de habitantes, segundo o Censo de 2022.

Pelo menos 339.925 pessoas ficaram desalojadas e 71.398 estão em abrigos. A última atualização foi divulgada às 12h deste sábado (11) pela Defesa Civil.

Dos 497 municípios gaúchos, 445 sofreram alguma consequência dos temporais. As cidades atingidas no estado representam mais de 88% do total.

A Defesa Civil também informou que é de 136 o número de óbitos confirmados. Veja aqui quem foram as vítimas identificadas até o momento. Já são 125 desaparecidos e 756 feridos, segundo o boletim da Defesa Civil Estadual.

74.153 pessoas foram resgatadas. Já o número de animais salvos chegou a 10.348. O órgão ainda divulgou que o efetivo que trabalha na tragédia é de 27.589 pessoas, com 4.398 viaturas, 41 aeronaves e 340 embarcações.

Neste sábado, a Polícia Civil do Rio Grande do Sul encontrou um depósito onde eram armazenados produtos furtados das casas e comércios no estado. Desde o início dos temporais, criminosos têm saqueado residências e estabelecimentos abandonados.

Nível do Guaíba voltou a subir

Nível do Guaíba subiu dez centímetros na manhã deste sábado (11). Às 8h, a altura estava em 4,6 metros, mas saltou para 4,7 metros às 9h45. A medição mais atual do Guaíba foi feita no cais Mauá pela ANA (Agência Nacional de Águas).

Continua após a publicidade

O nível da Lagoa dos Patos também está em alta. Esse é o local onde as águas do Guaíba desembocam, banhando cidades como Rio Grande e Pelotas.

Em Pelotas, o nível da Lagoa dos Patos está em 2,76 metros. A aferição é do canal São Gonçalo, uma das ramificações da lagoa, às 10h deste sábado (11). Essa altura é considerada pela Prefeitura como uma situação de cheias.

Já em Rio Grande, a altura da Lagoa dos Patos é de 2,36 metros. O nível é da medição mais recente da cidade, feita às 21 horas desta sexta-feira (10) —o nível está 1,56 metro acima do normal.

Autoridades locais estão com dificuldades para medir a altura da água. Além da dificuldade para acessar as réguas, segundo essas autoridades, isso ocorre porque, à medida que a água avança pelas ruas das cidades, o nível da lagoa em si cai. Essa redução dá uma impressão de que a altura está diminuindo, quando, na verdade, a tendência de alta se mantém.

Rodovias tem 78 trechos bloqueados no RS

Os bloqueios são registrados em 52 rodovias, entre estradas, balsas e pontes. As informações são do Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem), consolidadas com o Comando Rodoviário da Brigada Militar.

Continua após a publicidade

Escolas impactadas são 528, afetando 215.732 estudantes matriculados. Outras 84 escolas estão servindo de abrigo no estado.

O diretor executivo da PRF, Alberto Raposo, fez apelo para combater as fake news. Ele disse que a disseminação de notícias falsas referentes ao estado tem atrapalhado a atuação das autoridades no resgate de moradores.

Deixe seu comentário

Só para assinantes