Conteúdo publicado há 27 dias

Enfermeira de SP sumida reaparece: tinha dívida e vício no Jogo do Tigrinho

Desaparecida por uma semana, a enfermeira de formação Gabriely Sabino, 23, entrou em contato com a família e voltou para a casa, em Piracicaba (SP), na tarde deste sábado (22).

O que aconteceu

Gabriely foi encontrada e passa bem. "Encontramos ela sim", confirmou ao UOL o pai dela, Luiz Henrique Sabino. "Encontrei com vida e saúde."

Gabriely estava em Mato Grosso do Sul. "Ela entrou em contato do nada", contou o advogado da família, José Oscar Silveira Junior. "Ela disse que estava no aeroporto de Campo Grande embarcando de volta para São Paulo, e que era para encontrá-la no aeroporto de Guarulhos."

Família temeu emboscada. O pai da jovem ficou com medo de que a mensagem fosse falsa, mas decidiu ir a Guarulhos. "Buscaram no sábado de manhã", diz o advogado. Por volta das 15h, Gabriely já estava em casa.

Jovem mantinha contato com mulher desconhecida. Segundo a versão da jovem, "ela conheceu uma senhora pela internet, que a chamou para passar um tempo em Mato Grosso do Sul", diz o advogado.

Ela teria passado por um surto depressivo. "Ela disse que, antes de viajar, teve um quadro depressivo, mas preferiu não comentar com a família", diz. "No surto, ela pegou o avião e foi pra lá sem dar recado."

Gabriely visualizava as mensagens dos pais. "A família estava preocupada porque ela via todas as mensagens no celular e nos stories, mas não respondia", diz Silveira Junior.

Ela só tá meio abalada psicologicamente. Vamos deixar ela descansar, e depois a gente vê como tudo ocorreu certinho.
Luiz Henrique Sabino, pai de Gabriely

Dívida de R$ 20 mil

A mãe de Gabriely, Cristiane Sabino, afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo que Gabriely estava viciada no "Jogo do Tigrinho". Trata-se de um caça-níquel online que exige dinheiro real para a realização das apostas.

Continua após a publicidade

Sua dívida já estaria em cerca de R$ 20 mil. Uma cunhada contou que emprestou seu cartão de crédito para a jovem, mas outra parte do dinheiro para pagar a dívida teria sido emprestada por agiotas.

Advogado não confirma a versão. Questionado se o motivo da viagem era a dívida, Silveira disse que a jovem "não mencionou nada disso". "Não tem essa informação. A princípio ela viajou por causa de um surto", disse.

Gabriely desapareceu na sexta-feira da semana passada (14). Nessa data, câmeras de segurança filmaram a jovem estacionando seu carro perto da rodoviária de Piracicaba. De lá, ela embarcou para a capital paulista.

A jovem é solteira, sem namorado ou filhos. Das 16h à 1h30, trabalha numa padaria. Fora desse horário, é motorista de aplicativo usando o próprio carro. Ela concluiu a graduação em enfermagem em janeiro passado e procura emprego na área.

Procurada, a SSP (Secretaria de Segurança Pública) não respondeu. O caso é investigado pela Delegacia de Investigações Gerais de Piracicaba, subordinada à SSP.

Deixe seu comentário

Só para assinantes