PUBLICIDADE
Topo

Ibope em Rio Branco: Minoru Kinpara tem 29%, e Socorro Neri, 26%

Minoru Kinpara aparece à frente numericamente, mas tecnicamente empatado com Socorro Neri - Reprodução/Instagram
Minoru Kinpara aparece à frente numericamente, mas tecnicamente empatado com Socorro Neri Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

16/10/2020 23h24

O tucano Minoru Kinpara, com 29%, e a pessebista Socorro Neri, com 26%, estão tecnicamente empatados na disputa eleitoral pela Prefeitura de Rio de Branco, segundo pesquisa Ibope divulgada na noite de hoje.

Em seguida, estão Tião Bocalom (Progressistas), com 16%, Roberto Duarte (MDB), com 11%, Daniel Zen (PT), com 5%, Jarbas Soster (Avante), com 2%, e Jamyl Asfury (PSC), com 1%.

Brancos e nulos somam 6%. Não sabem ou não responderam são 4%. A margem de erro é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi encomendada pela Rede Amazônica, afiliada da TV Globo no Acre.

Veja quanto cada candidato alcançou:

  • Minoru Kinpara (PSDB): 29%
  • Socorro Neri (PSB): 26%
  • Tião Bocalom (Progressistas): 16%
  • Roberto Duarte (MDB): 11%
  • Daniel Zen (PT): 5%
  • Jarbas Soster (Avante): 2%
  • Jamyl Asfury (PSC): 1%
  • Branco/ Nulo: 6%
  • Não sabe/ Não respondeu: 4%

A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum.

  • Socorro Neri (PSB): 39%
  • Daniel Zen (PT): 36%
  • Tião Bocalom (Progressistas): 33%
  • Roberto Duarte (MDB): 21%
  • Jamyl Asfury (PSC): 20%
  • Jarbas Soster (Avante): 19%
  • Minoru Kinpara (PSDB): 12%
  • Poderiam votar em todos: 1%
  • Não sabem ou preferem não opinar: 5%.

O levantamento foi realizado por telefone. Considerando que há uma parcela pequena de eleitores que não possui qualquer tipo de aparelho, a pesquisa não representa o eleitorado como um todo. Assim, os dados devem ser interpretados com cuidado. A medida foi tomada para seguir os protocolos de segurança em relação à pandemia.

A pesquisa Ibope foi registrada no TSE sob o nº AC-03870/2020. Foram entrevistadas 504 pessoas entre os dias 14 e 16 de outubro. A margem de erro é de quatro pontos percentuais. O nível de confiança estimado é de 95%. O contratante foi a Rede Amazônica.