PUBLICIDADE
Topo

Ibope em Porto Alegre: Manuela (PCdoB) lidera com 27%; 3 empatam em 2º

Manuela D"Ávila disputa as eleições municipais pela Prefeitura de Porto Alegre - Fátima Meira/FuturaPress/Estadão Conteúdo
Manuela D'Ávila disputa as eleições municipais pela Prefeitura de Porto Alegre Imagem: Fátima Meira/FuturaPress/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

29/10/2020 19h42Atualizada em 29/10/2020 20h50

A candidata Manuela D'Ávila (PCdoB) lidera a disputa eleitoral pela Prefeitura de Porto Alegre com 27% das intenções de voto, segundo pesquisa Ibope divulgada hoje —uma oscilação positiva de três pontos percentuais em relação ao último levantamento (24%), no dia 5 deste mês.

Estão em empate técnico no segundo lugar os candidatos Nelson Marchezan (PSDB),14%, Sebastião Melo (MDB), 14%, e José Fortunati (PTB), com 13%. O tucano subiu cinco pontos percentuais entre as duas pesquisas.

Juliana Brizola (PDT) obteve 4%, João Derly (Republicanos) e Fernanda Melchionna (Psol) têm 3% das intenções de voto cada um. Os candidatos Gustavo Paim (PP) e Valter Nagelstein (PSD) têm 2%, Julio Flores (PSTU) e Rodrigo Maroni (Pros) marcaram 1%.

Luiz Delvair Martins Barros (PCO) e Montserrat Martins (PV) não pontuaram na pesquisa.

Brancos e nulos somam 8%. Outros 8% preferiram não responder ou disseram não saber em quem votariam. A margem de erro do levantamento é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Embed:

Evolução

Esta é a segunda pesquisa Ibope feita em Porto Alegre. Em relação à primeira, Nelson Marchezan foi o candidato com a maior variação positiva. Os brancos e nulos oscilaram de 13% para 8%, enquanto os que não souberam ou não quiseram responder passaram de 11% para 8%.

Confira a evolução de cada candidato:

  • Manuela foi de 24% para 27%
  • Nelson Marchezan Júnior foi de 9% para 14%
  • Sebastião Melo foi de 11% para 14%
  • Fortunati foi de 14% para 13%
  • Juliana Brizola foi de 5% para 4%
  • João Derly foi de 4% para 3%
  • Fernanda Melchionna se manteve com 3%
  • Valter foi de 3% para 2%
  • Gustavo Paim foi de 1% para 2%
  • Julio Flores se manteve com 1%
  • Rodrigo Maroni foi de 0 para 1%
  • Branco/Nulo foi de 13% para 8%
  • Não sabe/Não respondeu foi de 11% para 8%

Simulação do segundo turno

Em um possível segundo turno, Manuela fica numericamente na frente em todas as simulações, mas está em empate técnico nas disputas com Melo e Fortunati. Contra Marchezan, ela obtém 45% contra 37%. Fortunati lidera nas simulações contra Melo e Marchezan, enquanto Melo venceria Marchezan em um duelo dos dois.

Manuela (PCdoB) x Melo (MDB)

  • Manuela: 43%
  • Melo: 40%
  • Branco/nulo: 14%
  • Não sabe/não opinou: 3%

Manuela (PCdoB) x Marchezan (PSDB)

  • Manuela: 45%
  • Marchezan: 37%
  • Branco/nulo: 16%
  • Não sabe/não opinou: 3%

Manuela (PCdoB) x Fortunati (PTB)

  • Manuela: 41%
  • Fortunati: 40%
  • Branco/nulo: 16%
  • Não sabe/não opinou: 3%

Fortunati (PTB) x Marchezan (PSDB)

  • Fortunati: 46%
  • Marchezan: 30%
  • Branco/nulo: 20%
  • Não sabe/não opinou: 4%

Fortunati (PTB) x Melo (MDB)

  • Fortunati: 42%
  • Melo: 34%
  • Branco/nulo: 20%
  • Não sabe/não opinou: 5%

Marchezan (PSDB) x Melo (MDB)

  • Marchezan: 32%
  • Melo: 45%
  • Branco/nulo: 18%
  • Não sabe/ não opinou: 4%
Para a pesquisa, o Ibope ouviu 805 eleitores entre 27 e 28 de outubro. O nível de confiança utilizado é de 95%, ou seja, há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual cenário eleitoral, considerando a margem de erro. Foi registrada no TSE sob o número RS-06638/2020. O Grupo RBS foi quem encomendou o levantamento.