PUBLICIDADE
Topo

Vou devolver em dobro o que Porto Alegre me deu de oportunidade, diz Melo

Discurso foi feito no auditório do Hotel Ritter, em frente à rodoviária de Porto Alegre - Hygino Vasconcellos/UOL
Discurso foi feito no auditório do Hotel Ritter, em frente à rodoviária de Porto Alegre Imagem: Hygino Vasconcellos/UOL

Hygino Vasconcellos

Colaboração para o UOL, em Porto Alegre

29/11/2020 20h11Atualizada em 29/11/2020 22h06

O prefeito eleito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), agradeceu aos eleitores em pronunciamento minutos após o resultado de sua vitória nas urnas ser anunciada. No segundo turno, ele derrotou Manuela D'Ávila (PCdoB).

A fala ocorreu no auditório do Hotel Ritter, na região central da cidade e em frente à rodoviária de Porto Alegre — local considerado emblemático pelo político, já que ele chegou à cidade de ônibus, vindo de Goiás.

Nunca passei fome, mas passei muita dificuldade. Essa cidade me fez vereador três vezes, vice-prefeito, deputado estadual e agora prefeito. Obrigado, Porto Alegre. Vou devolver em dobro o que me deu de oportunidades"
Sebastião Melo (MDB), prefeito eleito de Porto Alegre

O prefeito eleito disse que a campanha enfrentou dificuldades financeiras. "Tinha dias que não tinha dinheiro para fazer bandeira, e para subir os links na TV. As ideias venceram o poderio financeiro", afirmou.

Em pesquisa Ibope divulgada ontem, Melo somava 49% e perdia para Manuela D'Ávila (PCdoB), que contabilizava 51%. A candidatura de Manuela dava sinais de crescimento — em relação à pesquisa divulgada em 24 de novembro, a chapa do PCdoB havia subido de 46% para 51% dos votos válidos, enquanto Melo havia caído de 54% para 49%.

No primeiro turno, Manuela também chegou a liderar, mas passou para o segundo turno em segundo lugar, contabilizando 29% dos votos. Melo, por sua vez, avançou com 31,01% dos votos.

Encontro com Bolsonaro

Eleito, o candidato do MDB já quer começar a transição a partir de amanhã e encontrar o atual prefeito, Nelson Marchezan Junior (PSDB). Na terça-feira (1º), pretende se reunir com o governador Eduardo Leite (PSDB) e, na quarta-feira (2), com o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

"Esse encontro (com Bolsonaro) simboliza que queremos governar com união. Ideologia não resolve problemas", declarou Melo.

"Recebo a vitória com muita humildade. Vou ser prefeito que vou olhar para todos. E prefeito que vai olhar para pessoas que mais precisam na cidade", complementou.

Pandemia

Ao ser questionado sobre a transição, Melo frisou que a questão da covid-19 "será central", mas afirmou que "economia e saúde devem caminhar juntos".

"Não está no nosso radar fechar a cidade. Economia tem que girar", disse, mantendo o que afirmou nos debates.

O novo prefeito da capital gaúcha acrescentou ainda que vai propor uma reforma administrativa.

Você utiliza a Alexa? O UOL é o parceiro oficial da assistente de voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados das últimas pesquisas eleitorais e dos resultados do 2º turno. Para saber sobre a eleição na sua cidade com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, qual é o resultado da pesquisa eleitoral em São Paulo?", por exemplo, ou "Alexa, quem ganhou a eleição no Rio de Janeiro?". Nos encontramos lá!