Guerra do Afeganistão completa 104 meses e se torna a mais longa da história dos EUA

Do UOL Notícias
Em São Paulo

  • Ahmad Masood/Reuters

    Soldados dos Estados Unidos participam de operação militar em Cabul, no Afeganistão

    Soldados dos Estados Unidos participam de operação militar em Cabul, no Afeganistão

A guerra do Afeganistão completa 104 meses de duração nesta segunda-feira (7) e passa a ser considerada a mais longa da história dos EUA. De acordo com jornal americano “USA Today”, a guerra do Vietnã, que era a maior até agora, durou 103 meses.

Mais de 1.000 soldados norte-americanos morreram no atual conflito no Afeganistão, mas ele está longe de ser o mais sangrento da história dos Estados Unidos. Segundo dados divulgados pelo jornal, a Guerra da Secessão, entre os Estados do Norte e do Sul, foi a recordista: 625 mil mortes.

A Guerra do Iraque aparece em terceiro lugar no ranking de longevidade, com 86 meses. A ocupação norte-americana no país do ditador Saddam Hussein matou 4.367 soldados até 2009. Neste ano, o número chegou a 4.391, segundo o "USA Today".

Na última quinta-feira, o presidente americano, Barack Obama, reafirmou seu compromisso com a guerra e afirmou que ela “é absolutamente essencial para desmantelar a rede de extremistas que está disposta a nos atacar”.

Hoje o representante especial dos EUA para o Afeganistão e Paquistão, Richard Holbrooke, ressaltou o "enorme compromisso" de Obama com o Afeganistão, onde estão cerca de 100 mil soldados americanos, e destacou a importância de impulsionar a "segurança e a capacidade do Exército afegão", que considerou o "assunto mais crucial" para uma eventual saída das forças internacionais.

Em dezembro do ano passado o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou o início da retirada das tropas do país em junho de 2011.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos