Zulmair Rocha/UOL

Chuvas

TVs americanas destacam destruição após chuvas no Nordeste

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

  • Reprodução

    Página do diário britânico "Guardian"

  • Reprodução

    Site da emissora norte-americana MSNBC

  • Reprodução

    Versão em inglês da agência chinesa Xinhua


Emissoras de TV norte-americanas e seus respectivos sites destacam nesta terça-feira (22) a chuva que devastou cidades de Alagoas e Pernambuco e as centenas de pessoas desaparecidas nos dois Estados.

A rede de notícias por assinatura CNN informa que dezenas de milhares de pessoas estão desabrigadas.

A concorrente MSNBC relata que pontes e trilhos ficaram destruídos. Já a emissora CBS lembra que o número de mortos deve aumentar.

O site do jornal britânico "Guardian" cita declaração do governador de Alagoas, Teotonio Vilela Filho, que disse que algumas regiões parecem ter sido alvo de uma "bomba atômica".

A agência oficial chinesa Xinhua também relata a destruição no Brasil e cita o ajuda prometida pelo governo federal na reconstrução.

Só em Alagoas, 26 cidades foram atingidas, e 15 municípios decretaram estado de calamidade pública, segundo último balanço da Defesa Civil Estadual. Além disso, 26 pessoas morreram, 607 estão desaparecidas e 73 mil, desabrigadas.

O UOL Notícias foi até os três municípios mais atingidos (União dos Palmares, Rio Largo e Branquinha) e encontrou um cenário que mais lembra o de uma guerra: centenas de casas destruídas e uma população desabrigada tentando entender o que aconteceu, para só então tentar recomeçar a vida.

De acordo com balanço divulgado na manhã desta terça-feira, Pernambuco registra ainda mais de 40 mil pessoas fora de suas casas em decorrência dos temporais, sendo 24.552 desalojadas --estão em casas de amigos e parentes-- e 17.800 desabrigadas, ou seja, dependem de abrigos públicos. Ao todo, 54 cidades foram afetadas e 12 pessoas morreram no Estado.

*Com informações da Folha.com

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos