PUBLICIDADE
Topo

Internacional

O 'manifestante' é eleito a personalidade do ano pela revista Time

Capa da edição da revista americana Time anunciando a "personalidade do ano" de 2011 - Divulgação
Capa da edição da revista americana Time anunciando a "personalidade do ano" de 2011 Imagem: Divulgação

Do UOL Notícias, em São Paulo

14/12/2011 11h06

A revista americana Time revelou nesta quarta-feira quem é a personalidade do ano de 2011 e que vai estampar uma das capas mais aguardadas da publicação. Em um ano cheio de protestos, o escolhido, ou melhor, os eleitos foram os manifestantes que protagonizaram protestos em diversos lugares do mundo, principalmente contra ditaduras e a crise econômica. 

"Ninguém poderia saber que quando um vendedor de frutas na Tunísia colocou fogo em si mesmo em uma praça pública, incitaria uma onda de protestos que iria dar início a uma série de dissidências. Em 2011, os manifestantes não apenas expressaram suas reclamações, eles mudaram o mundo", diz a revista ao explicar a escolha.
 
Para dar uma cara global aos protesto realizados em 2011, a revista selecionou alguns manifestantes para estampar as páginas da revista. 
 
Um deles é Chelsea Elliott, 25, que acampou em Wall Street e presenciou o dia em que a polícia jogou spray de pimenta nos manifestantes, no final de setembro. "Eu acho que o mais importante é que este movimento não tem um líder e que todas as pessoas são encorajadas a serem autônomas. É realmente um movimento para todas as pessoas. O que nós estamos tentando mudar, o sistema em si, são coisas que vão afetar meus filhos, quando eu os tiver, e afetam meus avós. É sobre todo mundo", disse ela à Time.
 
Outro protagonista dos protestos e que ganhou destaque na edição é o egípcio Ahmed Harara. O dentista de 31 anos perdeu os dois olhos durante manifestações na praça Tahrir, no Cairo. Segundo ele, o que o motivou a participar da onda de protestos que acabaria na renúncia do ex-presidente egípcio, Hosni Mubarak, foi justamente proposta de mudança de regime, da polícia e do judiciário. "A praça Tahrir era onde eu deveria estar", diz Harara.
 
UOL seleciona candidatos à personalidade de 2011
Veja Álbum de fotos
 
O egípcio agora se prepara para viajar para Alemanha e Suíça, onde irá operar os olhos e tentar um transplante. "Tudo está nas mãos de Deus", disse ele.
 
Outros personagens da Primavera Árabe e que participaram de protestos em Madri, na Espanha, na Grécia,  do Occupy Wall Street e Occupy Oakland em protesto contra a crise econômica, e ainda contra o narcotráfico também integram a lista.
 
A lista de concorrentes trazia o artista chinês Ai Weiwei; William McRaven, oficial dos Navy Seals e que participou da captura de Osama Bin Laden; a princesa Kate Middleton; o político norte-americano Paul Ryan.

Internacional