Pai é acusado de matar filho de 3 semanas porque choro atrapalhava jogo de videogame

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/"Daily Mail"

    O norte-americano Jacob David Hartley, acusado de matar o filho de apenas três semanas de idade

    O norte-americano Jacob David Hartley, acusado de matar o filho de apenas três semanas de idade

Um norte-americano de 20 anos é acusado de matar o filho de apenas três semanas de idade após sacudi-lo com violência ao menos duas vezes. O motivo da agressão teria sido o fato de o bebê chorar muito enquanto o pai jogava videogame.

O fato ocorreu em Lakeland, na Florida. As informações são da versão online do jornal britânico “Daily Mail".

Segundo a polícia local, Jacob David Hartley confessou ter sacudido o filho em duas ocasiões. A primeira foi na última quinta-feira (5), após mais de cinco horas jogando videogame. Na ocasião, a mãe do bebê disse que o tirou de perto do pai.

No dia seguinte, Hartley continuou jogando após voltar do trabalho até as 4h da manhã de sábado. Por volta desse horário, o bebê estava inconsciente e sangrava pelo nariz e pela boca.

A criança morreu três horas depois em um hospital. Os médicos que a atenderam disseram que a causa da morte estava relacionado com as agressões, segundo o site.

O pai confessou a polícia que, além de ter sacudido o filho na quinta-feira, também o fizera uma semana antes. Ele está detido acusado de homicídio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos