Mais de 50 morrem após queda de caminhão em abismo no sul do Peru

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Peru.com

    Caminhão cai em abismo na província de La Convención, Peru. O acidente deixou mais de 50 mortos

    Caminhão cai em abismo na província de La Convención, Peru. O acidente deixou mais de 50 mortos

Pelo menos 51 pessoas morreram após a queda de um caminhão em um abismo de 200 metros no distrito de Santa Teresa, no sul do Peru, informaram neste sábado (12) autoridades locais. Destas, nove já foram identificadas.

O promotor adjunto da província de Convención, em Cusco, Juan Carlos Valverde, disse à emissora "RPP Notícias" que o acidente ocorreu na noite de ontem e que o veículo transportava passageiros que voltavam de uma festa religiosa. 

O prefeito de Santa Teresa, Rubén Pinto, informou que os mortos estão sendo reconhecidos. A tarefa está sendo realizada próximo ao local do acidente, em uma quadra esportiva. Nove já tiveram seus nomes revelados: Willy Torres, John Torres, Nicanor Candia, Ronald Torres, Juana Champi;além do motorista do caminhão Enrique Pérez Vásquez e sua mulher Nancy Candia.

"Infelizmente são irmãos camponeses que perderam a vida. A cidade de Santa Teresa não estava preparada para um acidente dessa magnitude", disse o prefeito.

"O veículo ficou preso em uma curva do rio Yanatile, não há sobreviventes. Neste momento está sendo feito a identificação, registro e entrega dos corpos para os parentes que estão aqui", afirmou Valverde.

O promotor acrescentou que entre os mortos há vários menores de idade e que todos as pessoas que viajavam no caminhão tinham participado da festa do padroeiro de Santa Teresa. Entre as vítimas há pelo menos 12 crianças e 37 adultos, entre eles o motorista do caminhão que morreu junto da mulher e dos filhos. 

A ministra da Mulher, Ana Jara, afirmou que entre as vítimas 14 são crianças e, por isso, enviaram psicólogos e assistentes sociais aos Centros de Emergência a Mulher da região de Cusco.

A governadora de Convención, Fedia Castro, disse que os passageiros voltaram para a cidade de Suyucuyo e que está sendo investigado se o motorista estava alcoolizado.

Fedia afirmou que a zona onde o veículo caiu só é acessível por um caminho de terra e que é necessário muito cuidado para trafegar pelo local.

Os acidentes são frequentes nas estradas do Peru devido ao mau estado de conservação das vias, especialmente nas regiões andina e amazônica, já que muitas delas não possuem asfalto e têm um traçado sinuoso em meio a penhascos e abismos.

A isso se soma a imperícia dos motoristas e as constantes falhas mecânicas dos ônibus que trafegam por estas estradas.

No dia 6 de outubro, 19 pessoas perderam a vida e outras quinze ficaram feridas na queda de um ônibus em um abismo na região de Huancavelica, ao que parece por excesso de velocidade, de acordo com a polícia rodoviária.

Quatro dias depois, no dia 10, outro ônibus sofreu um acidente e se chocou de maneira frontal contra uma colina em um trecho da estrada entre os departamentos de Arequipa e Puno, provocando a morte de 10 pessoas e deixando outras 25 feridas.

Segundo um relatório do Instituto Nacional de Estatística e Informática (INEI), no primeiro trimestre de 2013 781 pessoas faleceram no Peru em acidentes de trânsito.

O INEI indicou que em 2012 4.050 pessoas morreram em acidentes de trânsito em todo o país, acima dos 3.411 casos registrados em 2011.

(Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos