PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mandela guiará aqueles que lutam pela justiça social, diz Dilma

Do UOL, em São Paulo

05/12/2013 21h02

A presidente Dilma Rousseff divulgou nota de pesar pela morte de Nelson Mandela, 95, nesta quinta-feira (5) em que o destaca como maior personalidade do século 20. O líder sul-africano morreu em sua residência, em Johannesburgo, para onde havia sido levado no dia 1º de setembro após passar quase três meses internado para tratamento de uma infecção pulmonar.

Segundo a presidente, o povo brasileiro está consternado com a notícia da morte do político. “Mandela conduziu com paixão e inteligência um dos mais importantes processos de emancipação do ser humano da história contemporânea –o fim do apartheid na África do Sul”, diz a nota.

A presidente afirma ainda que sua atuação politica transformou-se um paradigma para “todos aqueles que lutam pela justiça, pela liberdade e pela igualdade”. Dilma encerra a nota afirmando que Mandela foi exemplo de grande líder e de pessoa que luta pela justiça social e paz.

Veja a íntegra da nota:

Nota de pesar da presidenta Dilma Rousseff pelo falecimento de Nelson Mandela

O governo e o povo brasileiros receberam consternados a notícia da morte de Nelson Mandela. Personalidade maior do século XX, Mandela conduziu com paixão e inteligência um dos mais importantes processos de emancipação do ser humano da história contemporânea – o fim do apartheid na África do Sul.

Seu combate transformou-se em um paradigma, não só para o continente africano, como para todos aqueles que lutam pela justiça, pela liberdade e pela igualdade.

O governo e o povo brasileiros se inclinam diante da memória de Nelson Mandela e transmitem a seus familiares, ao Presidente Zuma e aos sul-africanos nosso sentimento de profundo pesar. O exemplo deste grande líder guiará todos aqueles que lutam pela justiça social e pela paz no mundo.

Dilma Rousseff
Presidenta da República Federativa do Brasil

Internacional