PUBLICIDADE
Topo

Dois suspeitos por atentados são franceses que viviam na Bélgica, diz promotor

Polícia belga detém suspeito no bairro de Molenbeek, em Bruxelas (Bélgica) - RTL Belgium/Reuters
Polícia belga detém suspeito no bairro de Molenbeek, em Bruxelas (Bélgica) Imagem: RTL Belgium/Reuters

Em Bruxelas

15/11/2015 13h08

A promotoria belga afirmou neste domingo (15) que dois suspeitos de terem realizado ataques terroristas em Paris são cidadãos franceses que moravam em Bruxelas, na Bélgica.

Autoridades belgas prenderam pelo menos cinco pessoas durante buscas domiciliares em Bruxelas em conexão com os ataques fatais de Paris.

"Foram feitas cinco prisões relacionadas aos ataques em Paris", disse Françoise Schepmans, prefeito do distrito de Molenbeek em Bruxelas, onde a polícia realizou uma série de buscas no sábado.

Promotores e autoridades do governo disseram que não puderam confirmar o número de prisões, dizendo mais tarde no sábado que o número de pessoas detidas era de pelo menos três.

Promotores da França e da Bélgica disseram que um carro encontrado próximo ao local de shows em Paris, onde o ataque mais mortal foi realizado na sexta-feira, havia sido alugado na Bélgica. (Com agências internacionais)

Internacional