Prefeito que queria receber refugiados é vítima de ataque na Alemanha

  • Prefeitura de Oersdorf

Um prefeito alemão que defendia acomodar mais refugiados foi vítima de um suposto ataque xenófobo nesta sexta-feira (30).

Joachim Kebschull, 61, prefeito de Oersdorf, foi agredido na nuca com uma espécie de taco de taco de madeira quando ia para uma reunião na prefeitura. Ele já havia sofrido ameaças de morte e de bomba.

Kebschull ficou inconsciente e foi levado a um hospítal.

Segundo o tabloide alemão "Bild", o agressor fugiu e ainda não foi identificado.

O governo do chanceler alemã Angela Merkel assumiu a linha de frente ao abrir os braços para receber a onda de refugiados fugindo principalmente da guerra da Síria. Mas recentemente, a chanceler admitiu que acabou perdendo controle da situação.

Seu partido perdeu fôlego em recentes eleições regionais, enquanto a extrema-direita anti-imigração obteve um crescimento significativo. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos