Pai morre ao pular de ponte carregando filhos pequenos nos EUA; crianças sobrevivem

Do UOL, em São Paulo

  • Myles Ma/NJ Advance Media via AP

    Ponte em Nova Jersey de onde John Spincken pulou com os dois filhos pequenos

    Ponte em Nova Jersey de onde John Spincken pulou com os dois filhos pequenos

Dois irmãos, de um e três anos, sobreviveram a uma queda de 30 metros de uma ponte para um rio, na cidade norte-americana de Pequannock, Nova Jersey, na noite de segunda-feira (24). Eles caíram no rio carregados no colo pelo pai, John Spincken, que morreu no local. As duas crianças foram encontradas pela polícia e estão sendo tratadas no hospital.

Segundo a polícia, Spincken, de 37 anos, aparentemente subiu no topo do seu carro na rodovia Interstate 287, escalou uma cerca e pulou da ponte com os filhos. Os policiais acreditam que galhos de árvores podem ter amortecido a queda dos garotos e evitado a morte.

Reprodução/Facebook
No Facebook, Spincken publicava fotos ao lado da família

"Quando os policiais encontraram as crianças conscientes e alertas, foi um milagre, com certeza, disse o capitão Christopher DePuyt, da polícia de Pequannock, na terça-feira. "Esperava o pior quando cheguei à cena e fiquei surpreso, e também hoje [terça], de manhã, ao ver a condição das crianças", disse De Puyt.

A polícia ainda investiga o que motivou a atitude de Spincken, que já teve problemas com a Justiça por um caso de violência doméstica. O incidente foi descoberto por um amigo da mulher de Spincken, que disse que o pai levou os garotos ameaçando machucá-los. Seu celular foi rastreado pela polícia, que encontrou o carro vazio na ponte.

O pai era dono de uma oficina de carros e frequentemente publicava fotos de seus filhos no Facebook, descrevendo a paternidade como "a melhor coisa do mundo". Em uma situação, ele disse ter entrado em pânico, e depois ter se sentido aliviado, quando seu filho mais novo teve um problema de saúde.

"Todos temos dias bons e ruins, mas no fim do dia estamos respirando! Não menospreze a vida, você nunca sabe quando irá respirar pela última vez", escreveu no Facebook. Em outra postagem, com fotos de seus dois filhos, escreveu: "Nenhum dia passa sem que eu me sinta grato e apreciativo".

Vizinhos da família se disseram chocados com a notícia. "Algo deve ter dado muito errado. Eles pareciam amorosos. Pareciam mesmo", disse Abe Balasis, sobre a família. (Com AP)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos