EUA enviam segundo porta-aviões para região da Coreia do Norte

Do UOL, em São Paulo

  • Kyodo via Reutesr

    16.mai.2017 - O porta-aviões USS Ronald Reagan deixa o porto em Yokosuka, no Japão

    16.mai.2017 - O porta-aviões USS Ronald Reagan deixa o porto em Yokosuka, no Japão

A Marinha dos Estados Unidos confirmou nesta sexta-feira (19) que enviou seu porta-aviões USS Ronald Reagan para as águas perto da península coreana, onde já se encontra o USS Carl Vinson e que vive uma tensão especial nos últimos meses entre Washington e Coreia do Norte.

Em um breve comunicado, o Comando do Pacífico (PACOM) confirmou que o Ronald Reagan, cujo porto base é Yokosuka (Japão), começou sua patrulha regular de primavera ao redor do Pacífico Ocidental.

O PACOM afirma que os dois navios "não estão próximos um ao outro" apesar de estarem no Pacífico Ocidental, no entanto, não é habitual que os EUA deixem dois de seus porta-aviões de propulsão nuclear em apenas um "teatro de operações".

Um porta-voz do Ministério de Defesa da Coreia do Sul disse que o Carl Vinson atualmente está realizando manobras com a marina sul-coreana no Mar de Japão.

A expedição parece sublinhar a preocupação do Pentágono sobre a Coreia do Norte, que no último domingo, lançou um míssil de médio alcance, mostrando os avanços de Pyongyang no desenvolvimento de um futuro míssil atômico intercontinental que alcance o território americano.

Celebração na Coreia do Norte

A Coreia do Norte celebrou seu último lançamento de mísseis com um desfile nas ruas de Pyongyang para os cientistas e técnicos por trás deste novo teste, segundo informações divulgadas nesta sexta-feira pela agência estatal "KCNA".

KCNA via AFP
Imagem divulgada pela agência oficial KCNA mostra os cientistas e técnicos responsáveis pelo teste do míssil Hwasong-12 durante desfile pelas ruas de Pyongyang

Milhares de pessoas aplaudiram ontem nas avenidas da capital norte-coreana os responsáveis pelo lançamento do Hwasong 12, o míssil de meio alcance disparado no último domingo, segundo o texto e as fotos publicados hoje pela "KCNA".

"As ruas da nossa capital Pyongyang se encheram de uma atmosfera festiva para dar as boas-vindas aos cientistas da defesa nacional", diz o texto.

Adultos, estudantes e crianças festejaram a passagem do comboio de ônibus que transportou aos cientistas até a Colina de Mansudae, onde depositaram flores nas estátuas dos ex-líderes Kim Il-sung e Kim Jong-il, antes de serem recebidos pelo vice-presidente do comitê central do Partido dos Trabalhadores, Ri Man-gon.

A Coreia do Norte lançou no domingo o Hwasong-12, o míssil de seu programa armamentístico que mostrou o melhor rendimento até a data (independentemente de seus foguetes espaciais, que a comunidade internacional considera míssil secreto).

O míssil viajou quase 800 quilômetros e poderia ter superado os 4 mil se tivesse sido lançado com um ângulo mais perpendicular, segundo os especialistas.

Coreia do Norte dispara novo míssil balístico

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos