Cadela foge durante incêndio, é resgatada após percorrer 10 km e revê dono

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Facebook

    Cachorra Tyaska se perdeu em incêndio trágico ocorrido em Portugal

    Cachorra Tyaska se perdeu em incêndio trágico ocorrido em Portugal

Três jornalistas que trabalham na cobertura do trágico incêndio ocorrido em Pedrógão Grande, Portugal, no último sábado, possuem pelo menos uma boa notícia para contar.

Eles encontraram uma cadela perdida e conseguiram fazer com que ela voltasse ao seu dono. 

Tyaska, nome do animal, escapou durante a tragédia que deixou 64 mortos em Portugal. Entre a manhã de quarta-feira e a madrugada de quinta, o cão percorreu 10 quilômetros, até ser resgatada pelos jornalistas.

Joaquim Reis, da Antena 1, e Francisco Leong, da France Press, encontraram Tyaska perdida, sem coleira. Eles tentaram achar o dono e não tiveram sucesso. Reis decidiu levar o animal para a sua casa, em Coimbra. Sua mulher, Teresa Cardoso, fez a seguinte postagem no Facebook.

"O meu Joaquim Reis, quando chega de reportagem dos fogos, costuma chegar queimado do Sol, com um cheiro horrível de fumo e muito cansado. Mas desta vez trouxe uma 'menina' que durante esta madrugada estava perdida na zona da Sertã, sem coleira. Ainda tentou encontrar os donos, com o camarada de profissão Francisco Leong, mas ninguém sabia de quem era. É novinha, muito doce e obediente e está conosco em Coimbra. Queremos muito encontrar os seus donos (que com certeza andam à sua procura), por isso pedia a todos que compartilhassem esta informação, para que no meio de tanta tristeza consigamos levar esta cadelinha para casa. Obrigada". Até o momento da publicação desta reportagem, a postagem de Teresa Cardoso no Facebook tinha 217 interações e 817 compartilhamentos.

Depois de tanta interação nas redes sociais, a publicação chegou ao dono da cachorra perdida. Alan, um francês de 21 anos que faz mochilão pela Europa com Tyaska - sua companheira de viagens - estava acampado em um festival de música em Portugal.

Por meio do Facebook, ele foi informado do paradeiro da sua cachorra. Quem promoveu o reencontro foi o também jornalista José Luis Sousa.

"A prova de que acontecimentos terríveis fazem nascer coisas boas: ou como uma parceria eventual entre três amigos jornalistas (Quim Reis/Antena 1, Francisco Leong/France Press) e este vosso amigo, todos em serviço na zona de Pedrógão Grande/Góis, tiveram a felicidade de reunir Alan à sua cadela Tyaska, separados desde a manhã de quarta-feira, entre Vila de Rei e a Sertã! Mas a grande, grande artífice do reencontro foi a Teresa Cardoso, que não desistiu enquanto não encontrou o dono, francês, depois de ter acolhido, por umas horas a Tyaska, em sua casa, em Coimbra, para onde o Quim Reis a trouxe! Reencontro, hoje, à hora do jantar! História com um final muito feliz!", escreveu João Luis Sousa no Facebook.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos