PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Homem suspeito de abusar e engravidar menor se defende culpando a vítima

Suspeito sugere que foi sido vítima da violência sexual enquanto dormia - Getty Images/iStockphoto
Suspeito sugere que foi sido vítima da violência sexual enquanto dormia Imagem: Getty Images/iStockphoto

Colaboração para o UOL

25/07/2017 18h27

Um caso de abuso sexual tem chamado atenção na cidade de Springfield, no estado de Massachusetts (Estados Unidos). Acusado de engravidar uma jovem de apenas 11 anos, Justin Armstrong, 38, apresentou uma versão no mínimo incomum para se defender.

Confrontado pela justiça norte-americana, o suspeito afirma que a garota é a culpada pelo estupro.

Segundo informações do jornal The Republican, Armstrong, que foi preso na última sexta-feira (21), inicialmente disse à polícia que a garota havia sido abusada por um parente. Porém, quando foi informado sobre a gravidez, mudou sua história. Ele passou a afirmar que pode ter sido vítima da violência sexual enquanto dormia.

Em depoimento, a garota revelou que foi molestada nos últimos 18 meses e que era constantemente ameaçada. Entretanto, a advogada de Armstrong ressaltou que todas as acusações são falsas e fez questão de afirmar que seu cliente está cooperando com as investigações, inclusive doando amostras de DNA para a realização do teste de paternidade, ainda sem resultado.

Responsável pelo caso, o juiz Robert Murphy definiu a fiança em 50 mil dólares e ordenou que Armstrong mantenha-se distante da vítima e de sua casa até que o julgamento aconteça. A gravidez da menor foi interrompida, também de acordo com a publicação norte-americana.

Internacional