PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Após silêncio, embaixada dos EUA reafirma apoio à entrada do Brasil na OCDE

Bolsonaro e Trump se cumprimentam durante coletiva de imprensa na Casa Branca - AFP
Bolsonaro e Trump se cumprimentam durante coletiva de imprensa na Casa Branca Imagem: AFP

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

08/05/2019 18h46

A Embaixada dos Estados Unidos da América reafirmou hoje o apoio à entrada do Brasil como membro pleno da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). A mensagem. no Twitter, foi replicada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) em sua conta oficial na rede social.

"Os #EUA apoiam o #Brasil a iniciar o processo de adesão p/ se tornar membro pleno da #OCDE (@OECD). Conforme declaração conjunta de @POTUS e @jairbolsonaro, acolhemos do Brasil reformas econômicas, melhores práticas e uma estrutura regulatória conforme os padrões da OCDE", escreveu a representação diplomática norte-americana no Brasil.

A declaração acontece após o silêncio de diplomatas norte-americanos ontem em reunião da entidade em Genebra, na Suíça. Segundo o blog do jornalista Jamil Chade, os emissários da Casa Branca indicaram não ter instruções para apoiar oficialmente nas reuniões da OCDE a adesão do Brasil.

Quando Bolsonaro fez uma visita oficial ao presidente dos EUA, Donald Trump, em março deste ano, este declarou que, "sem dúvidas, vamos apoiar a entrada do Brasil [na OCDE]". Fazer parte da organização é uma das ambições do governo Bolsonaro no âmbito das relações internacionais.

Internacional