PUBLICIDADE
Topo

Após ajudar a criar lei de açoite, homem apanha em público na Indonésia

sharia indonesia - AFP
sharia indonesia Imagem: AFP

Do UOL, em São Paulo

01/11/2019 12h48

Um homem recebeu 28 chibatadas em público após ser flagrado traindo a sua mulher. O caso aconteceu em uma região no norte da Indonésia, onde a lei pune esse crime com vigor.

A reviravolta do caso é que foi justamente Mukhlis, o homem que apanhou, um dos responsáveis por implementar a lei na região em 2015.

O homem faz parte do Conselho de Aceh Ulema (MPU), uma organização conservadora que atua para implementação da sharia, lei islâmica que é muito rígida.

Comportamentos como adultério, beber álcool ou manter relações homossexuais são punidos com chibatadas pela sharia.

A mulher que foi flagrada com Mukhlis também apanhou. As chibatadas de ambos foram filmadas pela multidão que assistia.

Husaini Wahab, o vice-regente do município de Aceh Besar, onde a punição aconteceu, se manifestou sobre o assunto. "Não importa quem você é... Se você violar a lei (islâmica), você será açoitado", disse.

Internacional