PUBLICIDADE
Topo

Após Bolsonaro defender crianças na escola, Trump pede para ficarem em casa

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump durante coletiva de imprensa sobre o coronavírus na Casa Branca - Getty Images
O presidente dos Estados Unidos Donald Trump durante coletiva de imprensa sobre o coronavírus na Casa Branca Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

27/03/2020 23h07

O presidente norte-americano Donald Trump defendeu hoje, em coletiva de imprensa, que as crianças permaneçam em suas casas e que aprendam com a situação tensa que o mundo está passando por conta do coronavírus.

Trump foi questionado por um jornalista o que ele poderia falar para as os mais jovens, cujas escolas estão fechadas na quarentena e ficam entediados em casa.

"Eu diria que elas têm o dever de sentar, assistir, se comportar, lavar as mãos, ficar com os pais... E apenas aprender com isso", afirmou o presidente.

Estudantes de todo o país, do ensino fundamental ao superior, tiveram suas aulas canceladas e estão mudando para o aprendizado online, em um esforço para impedir a disseminação a covid-19.

"Os jovens têm sido incríveis. Alguns deles estão muito felizes por não ir à escola. Devem apenas parar e ter muito orgulho do nosso país. Por fim, estamos fazendo isso por eles", acrescentou Trump.

Nesta semana, em pronunciamento em rede nacional, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) questionou o motivo de as escolas seguirem fechadas no Brasil, justificando que apenas os idosos integram o grupo de risco.

Bolsonaro ainda disse que o cuidado que os pequenos devem ter é de não transmitirem o vírus para outras pessoas, principalmente pais e avós, respeitando as orientações do Ministério de Saúde.

Internacional