PUBLICIDADE
Topo

Contra coronavírus, Israel deve adotar lockdown em todo o país, diz jornal

Restrições devem ocorrer durante período da Páscoa judaica - Marcel Vincenti/UOL
Restrições devem ocorrer durante período da Páscoa judaica Imagem: Marcel Vincenti/UOL

Do UOL, em São Paulo

06/04/2020 16h25

Israel deve adotar um lockdown nacional a partir de amanhã para enfrentar a pandemia do novo coronavírus. A informação foi divulgada hoje pelo site do jornal The Times of Israel.

A medida entraria em vigor a partir das 16h (horário local, 10h de Brasília) de amanhã e valeria até a manhã de sexta-feira. A restrição coincidiria com o início da Pessach, da Páscoa judaica, que em 2020 vai da noite de 8 de abril até a noite de 16 de abril.

A medida é resultado da pressão de integrantes ultraortodoxos do governo local, que eram contra concentrar o lockdown apenas em cidades da mesma orientação.

Uma reunião ministerial foi marcada para hoje, mas acabou cancelada pouco antes do início. O encontro discutiria, entre outros assuntos, a aplicação da restrição às cidades.

Citando "diversas fontes da imprensa", o The Times of Israel informa que as restrições proibiriam que israelenses deixassem suas cidades, embora liberaria o comércio essencial dentro dos limites de cada município.

Consultado pelo veículo, um porta-voz do Gabinete do Primeiro Ministro se recusou a comentar as informações e não confirmou se haverá o lockdown.

Coronavírus