PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Mujica: Se acreditasse em Deus, diria que coronavírus é aviso aos homens

Jose Pepe Mujica - Tony Gentile/Reuters
Jose Pepe Mujica Imagem: Tony Gentile/Reuters

Do UOL, em São Paulo

03/05/2020 20h04

O ex-presidente do Uruguai e atual senador Pepe Mujica escreveu hoje sobre a pandemia do novo coronavírus no jornal espanhol El País. "Se eu pudesse acreditar em Deus, diria que a pandemia é um aviso para os sapiens [espécie humana]", escreveu.

Ele foi um dos participantes do especial "O futuro depois do coronavírus" do periódico. O senador fez críticas ao modelo liberal econômico: "Não se deve navegar sem um leme, mas na globalização nós esquecemos. Foi impulsionado apenas pela força do mercado e da tecnologia e não havia consciência política nesse processo. O velho liberalismo se transformou, se tornou "liberismo" e abandonou seu humanismo".

Mujica faz previsões preocupantes para o período da pandemia: "Os escalões mais baixos da classe média ameaçada questionarão os governos e serão o clamor das ruas. O autoritarismo terá sua primavera, assim como a especulação, eles tentarão se apropriar de valores pelo preço da ruína. Haverá quem pedir solidariedade econômica e financeira com os pobres do mundo e algum gesto de mil milionários."

"Eu me pergunto, somos humanos atingindo o limite biológico de nossa capacidade política? Seremos capazes de nos redirecionar como espécie e não como classe ou país? A política parecerá distante para se casar com a ciência? Vamos aprender a lição do desastre ao ver como a natureza revive? A medicina, o ensino, o trabalho digital e a robótica se firmarão e entraremos em uma nova era? Haverá batalhões fortes de médicos capazes de lutar pela vida em qualquer lugar ou continuaremos gastando três milhões de dólares por minuto em orçamentos militares? Tudo depende de nós mesmos", finaliza.

Coronavírus