PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Mulher de 105 anos que superou gripe espanhola luta contra covid-19

Lubica Grenko, de 105 anos, sobreviveu à gripe espanhola e agora luta contra covid-19 - Reuters
Lubica Grenko, de 105 anos, sobreviveu à gripe espanhola e agora luta contra covid-19 Imagem: Reuters

Da AP

11/05/2020 11h45

Uma mulher de 105 anos que superou a gripe espanhola que matou milhões de pessoas no ano de 1918, incluindo sua mãe e sua irmã, está lutando contra a covid-19 no Novo México, nos Estados Unidos

O jornal Gallup Independent relata que Lubica "Luby" Grenko, que completará 106 anos em agosto, luta contra o novo coronavírus desde que foi diagnosticada em 29 de abril em uma casa de repouso em Gallup, no Novo México.

Grenko nasceu no início da Primeira Guerra Mundial. Ela sobreviveu à gripe espanhola antes de passar pela Grande Depressão e a Segunda Guerra Mundial.

A gripe matou a sua mãe, Marijeta Kauzlaric, que tinha 28 anos na ocasião, e a irmã mais nova, Annie Kauzlaric, que tinha apenas 1 mês de idade.

A neta de Grenko, Misty Tolson, diz que sua avó se lembra de sua mãe entrando no hospital e nunca mais saindo.

Tolson diz que não acha que sua avó entende o vírus atual porque disse a um dos assessores que entrou com equipamento de proteção: "Que diabos você tem?"

Coronavírus