PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

NY investiga 85 casos de doença relacionada à covid-19 que atinge crianças

6.mai.2020 - O governador de Nova York, Andrew Cuomo, durante coletiva de imprensa sobre a pandemia do novo coronavírus - Al Bello/Getty Images
6.mai.2020 - O governador de Nova York, Andrew Cuomo, durante coletiva de imprensa sobre a pandemia do novo coronavírus Imagem: Al Bello/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

10/05/2020 14h17Atualizada em 10/05/2020 14h20

Nova York está investigando 85 casos de uma doença desconhecida relacionada à covid-19, causada pelo novo coronavírus, que tem afetado crianças em todo o estado, segundo informou hoje o governador Andrew Cuomo durante uma coletiva de imprensa.

"Os sintomas são similares ao da Síndrome do Choque Tóxico [SCT]", explicou Cuomo. "Isso [a doença] não se apresenta como um caso normal de covid-19, porque casos de covid-19 tendem a ser respiratórios", continou.

A doença, ainda desconhecida, causa inflamação dos vasos sanguíneos e, às vezes, do coração, ainda de acordo com o governador.

"É possível que esses casos estivessem acontecendo e não sendo diagnosticados como relacionados ao coronavírus, porque eles não parecem com a covid-19. É uma situação que já tirou a vida de três nova-iorquinos", lembrou.

Cuomo fez referência às duas crianças e o adolescente que foram vítimas de uma síndrome inflamatória rara que, acredita-se, está ligada à covid-19. A última morte foi confirmada na última sexta (8) pelo próprio governador, que disse se tratar de uma doença que compartilha sintomas como a SCT e a Doença de Kawasaki.

A outra criança tinha 7 anos. A idade do adolescente não foi revelada.

SCT e Doença de Kawasaki

Fearless girl - Rob Kim/Getty Images - Rob Kim/Getty Images
Imagem: Rob Kim/Getty Images

A Síndrome do Choque Tóxico (SCT), segundo o Dr. Drauzio Varella, é uma doença rara causada por algumas infecções bacterianas, que desencadeiam uma série de reações graves no organismo e podem levar à insuficiência renal aguda e morte.

Os fatores de risco incluem feridas abertas, cirurgias recentes e até uso de absorventes internos.

Já a Doença de Kawasaki, que geralmente acomete crianças de origem asiática com idade entre 2 e 5 anos, é caracterizada por inflamações das paredes dos vasos sanguíneos, causadas por proteínas produzidas pelo próprio sistema imunológico. Quando elas se instalam, o fluxo de sangue fica prejudicado, assim como o funcionamento das células que dependem desses vasos.

Ainda de acordo com o Dr. Drauzio, Não se conhece a causa da doença, mas há algumas hipóteses: uma resposta imunológica equivocada do organismo (um "auto-ataque" dos anticorpos) e infecções causadas por doenças virais —como a covid-19, por exemplo).

Coronavírus