PUBLICIDADE
Topo

Com covid-19, príncipe belga pede desculpas por ir a evento na Espanha

Joaquim (ao centro, em foto de 2017) esteve em evento no dia 26 de maio; dias depois, foi diagnosticado com covid-19 - Patrick van Katwijk/Getty Images
Joaquim (ao centro, em foto de 2017) esteve em evento no dia 26 de maio; dias depois, foi diagnosticado com covid-19 Imagem: Patrick van Katwijk/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

01/06/2020 20h44

O príncipe Joaquim, da Bélgica, pediu desculpas ontem por ter comparecido a uma agenda social na Espanha em meio à pandemia do novo coronavírus. Ele recebeu o diagnóstico positivo para a covid-19 após o evento.

Joaquim, de 28 anos, viajou à Espanha no dia 24 de maio e, dois dias depois, visitou a família de uma amiga espanhola na cidade de Córdoba. No local, participou de uma festa com pelo menos 12 pessoas — a imprensa europeia diverge a respeito de número e diz que até 27 pessoas podem ter comparecido ao evento.

No dia 28, Joaquim recebeu o diagnóstico positivo para o teste para o novo coronavírus. O príncipe é filho do príncipe Lorenzo e da princesa Astrid, e sobrinho do rei Filipe.

"Gostaria de me desculpar por não ter respeitado todas as medidas de quarentena durante minha viagem. Nestes momentos difíceis, não pretendia ofender ou desrespeitar ninguém. Me arrependo profundamente de meus atos e aceito as consequências", disse Joaquim em comunicado divulgado ontem.

A Espanha já contabilizou quase 240 mil casos do novo coronavírus desde o início da pandemia, mas não registrou mortes entre ontem e hoje. O país atualmente permite reuniões de, no máximo, 10 pessoas.

A imprensa espanhola informa que autoridades têm monitorado demais participantes do evento para tomar atitudes pertinentes. Joaquim segue na Espanha, em quarentena.

Coronavírus