PUBLICIDADE
Topo

"Proteste contra o mal", diz advogado da família de George Floyd em funeral

Do UOL, em São Paulo

04/06/2020 16h49

Em discurso emocionado, Ben Crump, advogado da família de George Floyd, asfixiado por um policial branco durante abordagem em Minneapolis, no estado americano de Minnesota, pediu às pessoas para que protestem (e não cooperem) contra o mal.

"Não coopere com o mal. Proteste contra o mal! Junte-se aos jovens nas ruas protestando contra o mal, o desumano, a tortura que eles testemunharam naquele vídeo", disse ele, em discurso, durante o funeral de Floyd. Crump foi aplaudido de pé pelas pessoas que estavam no local. (Assista aos vídeos abaixo)

Philonise Floyd disse que o irmão, mesmo diante de uma situação trágica, conseguiu tocar o coração de muitas pessoas.

"Todas essas pessoas vieram ver meu irmão e isso é incrível para mim, porque ele tocou o coração de tantas pessoas porque ele tocou nossos corações", reflete Philonise.

George Floyd foi morto depois de ficar deitado de bruços por pelo menos 10 minutos, enquanto um policial pressionava seu pescoço com o joelho, em uma operação policial. "Não consigo respirar", implorou o homem, que aparece em um vídeo filmado por uma pessoa que passava no local.

Desde a morte de Floyd, manifestantes têm ido às ruas de Minneapolis e de outras cidades americanas, em protesto contra a violência policial que vitima pessoas negras no país.

Durante a madrugada da última sexta-feira, manifestantes invadiram uma delegacia e atearam fogo. Os policiais que estavam no local conseguiram abandonar o prédio.

Após os saques e lojas incendiadas na semana passada, as autoridades estaduais alertaram que não tolerariam mais excessos, garantindo ao mesmo tempo que o caso está sendo investigado.

O presidente Donald Trump pediu que as investigações do caso virassem prioridade nacional. "Ao meu pedido, o FBI e o Departamento de Justiça já estão dentro da investigação para essa triste e trágica morte em Minnesota de George Floyd. Eu solicitei que a investigação fosse acelerada e tenho grande apreço pelo trabalho feito pela polícia local", escreveu o presidente Trump em uma rede social.

Derek Chauvin, policial branco envolvido na morte de George Floyd, foi preso em Minneapolis. Chauvin é um dos policiais que foi filmado imobilizando Floyd com o joelho, enquanto ignorava as súplicas da vítima e das testemunhas que assistiram ao assassinato.

De acordo com a agência de notícias Associated Press, o policial foi alvo de quase 20 queixas formais ao longo dos 19 anos de carreira, além de duas cartas de reprimenda. A maioria foi arquivada.

Internacional