PUBLICIDADE
Topo

88 pessoas pegam a covid-19 após ir a bar que não exigia máscaras nos EUA

Do UOL, em São Paulo

30/06/2020 13h52Atualizada em 30/06/2020 16h05

O que muita gente pensou que seria uma oportunidade boa para enfim encontrar os amigos e curtir depois de um longo tempo em isolamento acabou em quase nove dezenas de novas infecções do novo coronavírus nos Estados Unidos. Em Michigan, 88 pessoas que frequentaram um mesmo bar, que aderiu à reabertura das atividades econômicas, foram diagnosticadas com a covid-19

Segundo o Buzzfeed, os casos aconteceram em East Lansing. A reabertura de bares e restaurantes em 8 de junho animou as pessoas a se aglomerarem. Em um dos locais, o Harper's Restaurant & Brew Pub, que costuma receber universitários, ninguém usava máscaras. O bar sequer pedia.

Dias depois, o Ingham County Health Office notou o aumento exponencial de casos. "Eu duvidei quando tivemos 51 casos em uma quinta-feira, fomos a 76 na sexta e no fim de semana chegamos a 88", disse Linda Vail, que trabalha na secretaria de saúde.

Os contaminados tinham, em média, 21 anos e ao menos 25 eram da universidade de Michigan.

"Mais e mais negócios que não querem fechar novamente precisam entender que eles são nosso maior exército [contra a covid]", disse Vail. "A possibilidade de mantermos a reabertura está nas mãos deles."

Imagens do dia 9, dia seguinte à reabertura, mostram que muita gente foi para a pista no bar, sem respeitar distanciamento.

A preocupação das autoridades de saúde não é especificamente com os 88 infectados. Nenhum deles foi hospitalizado e um terço se mostrou assintomático. No entanto, eles podem espalhar a doença para mais pessoas e causar danos maiores.

O bar culpou os clientes, em um comunicado que abordou mais as filas do que a presença dentro do ambiente.

"Tentamos instruir as pessoas a esperarem na fila usando máscaras e cumprindo distanciamento, mas tentar fazer os clientes seguirem as recomendações foi desafiador", disse a empresa, de acordo com o Buzzfeed.

Coronavírus