PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: nº de casos, internações e mortes cai no Canadá, diz Trudeau

20.mai.2020 - O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, chega à Colina do Parlamento - Dave Chan/AFP
20.mai.2020 - O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, chega à Colina do Parlamento Imagem: Dave Chan/AFP

Do UOL, em São Paulo

08/07/2020 15h41

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, disse hoje, em coletiva de imprensa, que o número de óbitos e internações por coronavírus, bem como a taxa de diagnósticos positivos, está caindo em todo o país.

Ele elogiou os canadenses por seguirem as orientações da saúde pública, mas lembrou que ainda não é possível relaxar completamente.

"A situação está se estabilizando no Canadá porque os canadenses fizeram sua parte e seguiram as instruções de saúde pública. Mas ainda temos que ter muito cuidado. As coisas podem mudar rapidamente", alertou. "Ainda temos alguns pontos de preocupação em algumas partes do país, inclusive em abrigos e áreas rurais, de modo que, à medida que continuamos a reabrir gradualmente a economia, precisamos permanecer vigilantes", disse Trudeau.

"O Canadá tem um dos planos mais ambiciosos e abrangentes para combater os impactos econômicos dessa pandemia", acrescentou.

Trudeau anunciou que o país dará apoio financeiro a "grupos vulneráveis como idosos e estudantes" e àqueles que perderam o emprego durante a pandemia. O governo também deve auxiliar empresas a se reconstruírem.

Coronavírus