PUBLICIDADE
Topo

Segurança é acusado de assassinato por atirar em homem sem máscara nos EUA

Umeir Corniche Hawkins é acusado de assassinato na Califórnia  - Reprodução / CBS Los Angeles
Umeir Corniche Hawkins é acusado de assassinato na Califórnia Imagem: Reprodução / CBS Los Angeles

Do UOL, em São Paulo

09/07/2020 12h03

Um segurança de um mercado no sul da Califórnia foi acusado de assassinato depois de brigar com um cliente que não usava máscara de proteção individual. Umeir Corniche Hawkins atirou em Jerry Lewis em 5 de julho, informou a Promotoria do Condado de Los Angeles.

Os promotores afirmam que os dois homens começaram a discutir quando Lewis entrou no mercado sem máscara. O homem então teria saído do local, mas quando retornou, os dois voltaram a brigar.

Durante a discussão, a esposa de Hawkins, Sabrina Carter, pegou uma arma e apontou para Lewis e outros clientes, encerrando a briga. Porém, quando Lewis estava indo embora, Hawkins puxou uma segunda arma e atirou nele, disse a polícia.

No último mês, uma ordem estadual foi emitida pelo governador da Califórnia exigindo que as pessoas usassem máscaras faciais ao entrar na maioria dos ambientes fechados para impedir a propagação do novo coronavírus no estado.

O uso obrigatório de máscaras tem sido motivo de debate nos Estados Unidos, com parte da população se recusando a utilizar o equipamento de proteção individual, enquanto outros alegam que elas podem salvar vidas.

Coronavírus