PUBLICIDADE
Topo

Quatro crianças morrem baleadas em celebração de feriado nos EUA

Charmaine Turner, mãe de Secoriea Turner, de 8 anos, morta em um tiroteio em Atlanta (EUA) - Reprodução
Charmaine Turner, mãe de Secoriea Turner, de 8 anos, morta em um tiroteio em Atlanta (EUA) Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

06/07/2020 10h49

O final de semana de comemoração do 4 de Julho, dia da independência dos Estados Unidos, foi marcado também por violência. Quatro crianças morreram em tiroteios em diferentes pontos do país no sábado.

No sábado, Secoriea Turner, de 8 anos, foi morta perto da lanchonete onde Rayshard Brooks foi abordado e morto por um policial branco no mês passado. Brooks era negro.

Segundo informações da rede SkyNews, a polícia apurou que Secoriea estava no carro com a mãe e outro adulto quando o motorista tentou passar por um bloqueio irregular para entrar em um estacionamento. Os homens que bloqueavam a entrada estavam armados e dispararam contra o veículo. Secoriea foi levada ao Centro Médico de Atlanta, mas não resistiu.

"Entendemos a frustração por Rayshard Brooks, nós entendemos. Não temos nada a ver com isso, somos inocentes. Meu bebê não queria fazer mal. Ela não completará nove anos. Eles dizem que vidas negras importam. Você matou um dos seus, você matou um dos seus dessa vez", disse a mãe da menina, Charmanie Turner, ao falar com a imprensa.

Desde o assassinato de Brooks, a área da lanchonete Wendy's vem sendo palco de protestos e manifestações contra o racismo e a violência policial. Ainda não há informações sobre quem eram as pessoas que realizavam o bloqueio. A polícia anunciou uma recompensa de US$ 10 mil para quem tiver informações sobre o caso.

A prefeita de Atlanta, Keisha Lance Bottoms, pediu cooperação da população. "Estamos fazendo um ao outro mais mal do que qualquer policial desta força. Tivemos mais de 75 tiroteios na cidade nas últimas semanas. Você não pode culpar o Departamento de Polícia de Atlanta por isso", disse ela, que chegou a mudar a conduta policial após o caso Brooks.

Outras mortes pelo país

Ainda no final de semana, uma menina de 7 anos morreu acidentalmente ao ser atingida por um tiro na cabeça em Chicago. Ela brincava com outras crianças quando um carro avançou pela rua e abriu fogo.

Em outro tiroteio na cidade, um garoto de 14 anos e outros três homens foram mortos por quatro homens armados que invadiram uma festa de rua na noite de sábado e atiraram contra as pessoas.

Em Washington D.C., Davon McNeal foi morto, também na noite de sábado, por um grupo de homens que dispararam contra o carro onde ele estava. A polícia anunciou uma recompensa de US$ 25 mil para quem apresentar informações que possam ajudar a achar os suspeitos.

Internacional