PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Nova York tem primeiro dia sem mortes causadas pela covid-19 desde março

Ciclistas pedalam de máscara na Times Square. Cidade já foi epicentro da pandemia nos EUA - Angela Weiss/AFP
Ciclistas pedalam de máscara na Times Square. Cidade já foi epicentro da pandemia nos EUA Imagem: Angela Weiss/AFP

Do UOL, em São Paulo

13/07/2020 11h42

A cidade de Nova York teve um marco na luta contra o coronavírus neste último final de semana. Após ser considerada o epicentro da pandemia nos Estados Unidos, o município registrou o primeiro dia sem mortes causadas pela covid-19 desde meados de março, quando a primeira vítima fatal da doença morreu na cidade.

Os dados da administração municipal ainda podem ser revisados posteriormente, mas ontem o boletim das últimas 24 horas sobre a covid-19 não indicou possíveis mortes causadas pelo vírus. Na véspera, também não houve mortes confirmadas, mas havia duas suspeitas.

No dia 11 de março, morreu a primeira pessoa contaminada pelo coronavírus em Nova York. Desde lá, a cidade viveu momentos difíceis causados pela pandemia e chegou a registrar um pico de 597 mortes diárias, registrado em 7 de abril.

Segundo os dados de ontem divulgados pela cidade, Nova York já teve 215.924 casos confirmados e registrou 18.670 mortes causadas pela covid-19. No momento, há ainda 4.613 casos suspeitos de pessoas que podem ter sido contaminadas recentemente.

A situação na cidade, porém, ainda pode voltar a piorar. A avaliação é do governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo. Ele atribui a possibilidade de uma segunda onda de contaminação ao fato de os números do coronavírus seguirem crescendo em outras regiões dos Estados Unidos.

"Nós vamos ver os nossos números e provavelmente os números do nordeste (dos Estados Unidos) começarem a aumentar por causa do vírus que você vê agora no sul e no oeste", disse Cuomo em entrevista a ruma rádio americana na última sexta-feira (10). "Vai voltar aqui", previu o governador.

A análise de Cuomo tem base nos números crescentes, principalmente, nos estados da Califórnia e Flórida. O último, inclusive, registrou um recorde anteontem, reportando 15.299 novos casos de coronavírus em apenas 24 horas. A marca anterior era justamente da Califórnia, com 11.694 infecções em um único dia.

Coronavírus