PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Esse conteúdo é antigo

Restaurantes na China vão reduzir comida servida para evitar o desperdício

Governo da China quer que as pessoas "limpem o prato" e peçam menos comida nos restaurantes - iStock
Governo da China quer que as pessoas "limpem o prato" e peçam menos comida nos restaurantes Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

13/08/2020 11h56

O governo da China lançou uma campanha para combater o desperdício de comida com algumas iniciativas, no mínimo, curiosas. O líder do país, Xi Jinping, chegou a usar um poema ao fazer a divulgação, de acordo com informações do site The Guardian.

"O desperdício é vergonhoso e a economia é honrosa", disse Xi em um discurso publicado na terça-feira (11).

O foco no desperdício de alimentos vem após semanas de inundações em todo o país que destruíram as safras, contribuindo para o aumento dos preços dos alimentos — já mais altos após o surto de covid-19 paralisar a economia chinesa.

De 20% a 30% dos grãos da China são importados, segundo estimativas.

A iniciativa, batizada de Operação Pratos Vazios, já havia sido mencionada em 2013, mas foi retomada no discurso de Xi.

A associação que representa a indústria de catering em Wuhan pediu aos restaurantes da cidade — a primeira no mundo a ser afetada pela pandemia do novo coronavírus — que passem a adotar um sistema em que os clientes, quando estão em grupo, pedem um prato a menos do que o número de pessoas que vão comer.

E os restaurantes ainda devem oferecer porções médias ou menores, bem como caixinhas para que as sobras sejam levadas para casa.

Seguindo o exemplo de Wuhan, as cidades de Xianning e Xinyang também propuseram a implementação desse sistema, chamado de N-1.

Jornalistas locais já concluíram, visitando restaurantes, que "o desperdício de comida ainda é comum".

"Quatro pessoas pediram oito pratos, mas nem todos foram consumidos", de acordo com a manchete de um jornal chinês.

Culturalmente, na China, é considerado educado pedir mais comida do que o necessário.

Relatório de 2015 da Academia de Ciências da China e parceiros apontou que até 18 milhões de toneladas de alimentos são desperdiçadas por ano nas grandes cidades, o suficiente para alimentar de 30 milhões a 50 milhões de pessoas por ano.

Internacional