PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Menino de 6 anos morre devido a ameba no cérebro; Houston alerta para água

Mãe de garoto que morreu após contrair ameba comedora de cérebros usa máscara com o rosto do filho - Reprodução/CBS
Mãe de garoto que morreu após contrair ameba comedora de cérebros usa máscara com o rosto do filho Imagem: Reprodução/CBS

Do UOL, em São Paulo

28/09/2020 08h03

Um menino de seis anos que foi hospitalizado após contrair uma ameba comedora de cérebro levantou um alerta para a água utilizada no subúrbio de Houston, no estado norte-americano do Texas.

Maria Castillo, mãe de Josiah McIntyre, afirmou que o filho morreu no dia 8 de setembro, em um hospital infantil do Texas e os médicos informaram que ele havia contraído a ameba, segundo a rede NBC. Ele havia reclamado de dores de cabeça.

"No dia seguinte, ele estava vomitando, mas parecia algo normal. Crianças ficam doentes, crianças têm febre", afirmou ela, à CBS. O garoto testou negativo para covid-19, foi hospitalizado e exames mostraram um inchaço no cérebro, devido à ameba Naegleria fowleri. Ele morreu cinco dias após os primeiros sintomas.

O caso aconteceu no mesmo fim de semana que um alerta na comunidade de Lake Jackson foi emitido, para que as pessoas não usassem água da rede, utilizando só para descarga. Há recomendação para que a água das torneiras seja fervida para uso.

As autoridades investigam se ele contraiu a ameba - que pode entrar no corpo pelo nariz - pela água da torneira, ou por brincar em um parque. Contaminações semelhantes já foram registradas nos Estados Unidos em 2011 e 2013, na Louisiana.

Internacional